segunda-feira, 21 de abril de 2014

SBK Inglesa: Shane Byrne varre a etapa de Brands Hatch


Foi um início de campeonato perfeito para Shane Byrne. Ele ficou também com a vitória na segunda corrida de Brands Hatch e começou com tudo a temporada. A tarefa foi um pouco mais fácil porque ele largou na segundo posição e já de cara assumiu a ponta para não mais sair. Um pelotão de único de seis motos disputavam as primeiras posições e houve várias alternâncias de posições.

Na largada, Shane Byrne pulou melhor e assumiu a liderança seguido de Stuart Easton. Ian Hutchinson teve problemas com a moto e ficou lento na terceira volta. Jakub Smrz. que estava na sexta colocação, caiu na volta nove e deu adeus a corrida. Mudança na terceira colocação na volta 12 depois que James Ellison superou Chris Walker.

Os seis primeiros colocados estavam juntos, num pelotão único, sempre com Byrne na liderança. Josh Brookes também passou Ryuichi Kiyonari pela quinta colocação. Ellison continuou avançando e passou Easton na 16 pela segunda colocação. Os dois primeiros conseguiram escapar um pouco do resto do pelotão, abrindo cerca de dois segundos.

Brookes também conseguiu passar Easton, que caiu para quarta colocação. No fim da corrida, ainda deu tempo para Kiyonari superar Easton. Lá na frente, Shane Byrne confirmou a vitória, bastante pressionado por James Ellison, que terminou apenas 0s714 atrás. Josh Brookes completou o pódio na terceira colocação. O brasileiro Rhalf Lo Turco completou a corrida na 24ª colocação.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


SBK Inglesa: Shane Byrne vence na abertura do campeonato em Brands Hatch



Começou nesta segunda-feira em Brands Hatch a temporada 2014 da Superbike Inglesa e a vitória ficou com Shane Byrne. Ele largou apenas na 13ª colocação, mas foi logo para cima dos rivais até chegar a vitória. Ele completou a primeira volta em sexto e foi galgando posições nos giros seguintes até chegar na ponta. Houve uma bandeira vermelha no meio e deixou a corrida parada por cerca de 45 minutos.

Na largara, Josh Brookes manteve a ponta seguido de Chris Walker. Ryuichi Kiyonari, que largava em segundo, teve problemas e caiu para última colocação. Na segunda volta, Walker fez uma grande ultrapassagem para cima de Brookes pela primeira colocação. Na briga pelo terceira posto, John Hopkins passou Ben Wilson e ambos foram superados por Shane Byrne. Na oitava volta, Brookes, que havia reassumido a liderança, caiu e deu adeus a corrida.

Na volta 14, Hopkins também perdeu a terceira posição para James Ellison. Na volta 16 a bandeira vermelha foi acionada depois que a moto de James Hillier lavou a pista de óleo. A prova recomeçou cerca de 45 minutos depois, com outra largada e Walker manteve a ponta com Byrne em segundo. Na segunda volta, Byrne passou Walker, mas levou o troco logo em seguida. Na volta seguinte, Byrne voltou a ultrapassar e com isto, Ellison se aproximou dos dois.

Na disputa pela quarta colocação, Hopkins acabou perdendo mais uma posição para Wilson. No fim, Shane Byrne confirmou a vitória com 1s615 de vantagem para Chris Walker. James Ellison completou o pódio na terceira colocação. A segunda corrida do final de semana vai acontecer às 12:30.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


domingo, 20 de abril de 2014

Antônio Cairoli voltou a vencer no Mundial de Motocross



A segunda corrida começou com muita garoa, quase chuva. Antônio Cairoli, que estava sem vencer desde as etapas do Brasil, fez as pazes com a vitória. Ele assumiu a ponta no início e não perdeu mais até o fim. Com o tempo, as condições da pista foram ficando péssimas, com canaletas profundas e trechos escorregadios, sem falar da lama na viseira dos pilotos. Alguns pilotos acabaram indo ao chão.

Na segunda prova o Holeshot ficou também com Antônio Cairoli (KTM) e diferentemente da primeira prova, ele conseguiu manter a posição seguido de Clement Desalle (Suzuki). Steven Frossard (Kawasaki) acabou tendo problemas na segunda volta e perdeu várias posições. Com 10 minutos de corrida, Shaun Simpson (KTM) que havia passado Maximilian Nagl (Honda) pela quinta colocação, caiu na frente do alemão e Nagl não teve como evitar o choque. Os dois perderam muito tempo para voltarem a corrida.

Lá na frente, na disputa pela segunda colocação, Jeremy Van Horebeek (Yamaha) passou Clement Desalle. Todd Waters (Husqvarna) estava numa boa prova. Largou na 16ª colocação, e com 25 minutos de corrida já estava na sexta colocação. No fim, Matiss Karro e Nagl acabaram se chocando e caíram, perdendo posições. Na última volta, Water acabou caindo também e terminou na oitava colocação. Lá na frente, com muita tranquilidade, Antônio Cairolo voltou a vencer, com 3s570 de vantagem para Van Horebeek.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNat.
Bike
lapsDiff. First



1222Cairoli, AntonioITA
KTM
1435:40.651



289Van Horebeek, JeremyBEL
Yamaha
140:03.570



325Desalle, ClementBEL
Suzuki
140:10.551



421Paulin, GautierFRA
Kawasaki
140:41.981



522Strijbos, KevinBEL
Suzuki
140:44.961



628Rattray, TylaRSA
Husqvarna
141:16.440



724Simpson, ShaunGBR
KTM
141:22.728



847Waters, ToddAUS
Husqvarna
141:26.334



9999Goncalves, RuiPOR
Yamaha
141:27.951



1012Nagl, MaximilianGER
Honda
141:38.708



11121Boog, XavierFRA
Honda
141:39.448



1219Philippaerts, DavidITA
Yamaha
142:09.354



133Leok, TanelEST
TM
142:13.120



1434Roelants, JoelBEL
Honda
142:19.815



1545Nicholls, JakeGBR
KTM
142:24.433



1662Gercar, KlemenSLO
Honda
131 lap



1791Karro, MatissLAT
KTM
131 lap



18149Ullrich, DennisGER
KTM
131 lap



1939Guarneri, DavideITA
TM
131 lap



2061Brakke, HerjanNED
Kawasaki
122 laps



21183Frossard, StevenFRA
Kawasaki
86 laps



2295Justs, AugustsLAT
Husqvarna
212 laps



23777Bobryshev, EvgenyRUS
Honda
113 laps



Gautier Paulin vence a primeira corrida da Bulgária



E o MXGP já está de volta. Foi apenas uma semana entre a etapa da Itália e da Bulgária. Na primeira corrida a vitória ficou com o francês Gautier Paulin (Kawasaki) com 8s082 de vantagem para o italiano Antônio Cairoli (KTM), que depois de vencer as duas corridas no Brasil, está em branco há três corridas. Maximiliam Nagl (Honda) foi uma das atrações da corrida, pois caiu para as últimas posições no início e terminou em 10º.

Na largada, Antonio Cairoli pulou na frente e ficou com o Holeshot. Mas logo ele foi superado por Gautier Paulin. Jeremy Van Horebeek (Yamaha) era o terceiro e Kevin Strijbos (suzuki) o quarto colocado no começo. Com seis minutos de corrida, Clement Desalle (Suzuki) passou Evgeny Bobryshev (Honda) pela sexta colocação e em seguida Shain Simpson (KTM) e chegou assim ao quinto posto.

Maximilian Nagl, que foi o primeiro a escolher o gate, teve problemas na primeira volta, caiu e teve que partir para prova de recuperação. Com 20 minutos de corrida ela já estava na 11ª colocação. Quando o cronometro zerou e a placa de duas voltas foi levantada, Van Horebeek acabou tento uma queda rápida, mas continuou na terceira colocação. Lá na frente, Paulin confirmou a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNat.
Bike
lapsDiff. First



121Paulin, GautierFRA
Kawasaki
1635:19.641



2222Cairoli, AntonioITA
KTM
160:08.082



322Strijbos, KevinBEL
Suzuki
160:16.115



489Van Horebeek, JeremyBEL
Yamaha
160:30.343



525Desalle, ClementBEL
Suzuki
161:01.766



6121Boog, XavierFRA
Honda
161:09.534



7777Bobryshev, EvgenyRUS
Honda
161:12.698



828Rattray, TylaRSA
Husqvarna
161:24.429



9183Frossard, StevenFRA
Kawasaki
161:27.782



1012Nagl, MaximilianGER
Honda
161:35.667



1119Philippaerts, DavidITA
Yamaha
161:42.099



1224Simpson, ShaunGBR
KTM
161:43.775



13999Goncalves, RuiPOR
Yamaha
161:47.680



1491Karro, MatissLAT
KTM
161:49.637



1539Guarneri, DavideITA
TM
161:56.125



1647Waters, ToddAUS
Husqvarna
161:56.439



1745Nicholls, JakeGBR
KTM
161:56.509



183Leok, TanelEST
TM
162:01.398



19149Ullrich, DennisGER
KTM
162:06.934



2061Brakke, HerjanNED
Kawasaki
151 lap



2162Gercar, KlemenSLO
Honda
151 lap



2295Justs, AugustsLAT
Husqvarna
151 lap



2334Roelants, JoelBEL
Honda
88 laps



segunda-feira, 14 de abril de 2014

MXGP: Paulin abandona e vitória fica com Clement Desalle na Itália


A última prova da etapa da Itália da MXGP foi vencida pelo belga Clement Desalle, que herdou a vitória após problemas com Gautier Paulin, vencedor da primeira corrida e que estava liderando a segunda. Antônio Cairoli, o ídolo local, novamente teve uma corrida conturbada e terminou apenas na quarta colocação.

Gautier Paulin pulou na ponta novamente na largada, marcando o holeshot. Atrás dele tinham Clement Desalle e Kevin Strijbos. Na abertura da segunda volta, Evgeny Bobryshev passou Strijbos pela terceira colocação. Mas algumas voltas depois, o belga deu o troco no russo. Antonio Cairoli, que estava por ali, acabou passando também Bobryshev pela quarta colocação. Jeremy Van Horebeek também foi para a ultrapassagem e Bobryshev acabou caindo e abandonou.

Com dez minutos de corrida, Paulin teve problemas na moto e teve que parar no pits. Com isto, Clement Desalle assumiu a ponta com Cairoli em segundo. No meio da prova foi a vez de Cairoli ter problemas. O italiano caiu, perdeu algumas posições, mas conseguiu levantar e prosseguir na corrida. Na disputa pela segunda colocação, Van Horebeek passou Strijbos com três minutos para o fim no cronômetro.

Depois que o tempo acabou e a placa de duas voltas foi mostrada, Cairoli foi com tudo para cima de Strijbos na briga pelo terceiro posto, mas acabou espalhando numa curva e perdeu contato com o rival. No fim, Clement Desalle confirmou a vitória com Van Horebeek em segundo e Kevin Strijbos na terceira colocação.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNat.
Bike
lapsDiff. First



125Desalle, ClementBEL
Suzuki
1933:49.752



289Van Horebeek, JeremyBEL
Yamaha
190:00.801



322Strijbos, KevinBEL
Suzuki
190:01.603



4222Cairoli, AntonioITA
KTM
190:11.113



512Nagl, MaximilianGER
Honda
190:34.395



624Simpson, ShaunGBR
KTM
190:48.437



747Waters, ToddAUS
Husqvarna
190:49.173



88Lupino, AlessandroITA
Kawasaki
190:50.297



945Nicholls, JakeGBR
KTM
190:53.200



10121Boog, XavierFRA
Honda
190:59.055



1139Guarneri, DavideITA
TM
191:06.762



1232Potisek, MilkoFRA
Yamaha
191:10.763



13999Goncalves, RuiPOR
Yamaha
191:14.410



1491Karro, MatissLAT
KTM
191:16.907



153Leok, TanelEST
TM
191:17.497



1661Brakke, HerjanNED
Kawasaki
191:40.932



17251Thuresson, FilipSWE
Honda
191:57.198



1819Philippaerts, DavidITA
Yamaha
181 lap



1934Roelants, JoelBEL
Honda
181 lap



2062Gercar, KlemenSLO
Honda
181 lap



2128Rattray, TylaRSA
Husqvarna
181 lap



22671Tiainen, SanttuFIN
Husqvarna
181 lap



23214Zeni, SamuelITA
Kawasaki
181 lap



2413Zecchina, SimoneITA
KTM
181 lap



25323Albertoni, AlessandroITA
CRM
181 lap



2621Paulin, GautierFRA
Kawasaki
514 laps



2795Justs, AugustsLAT
Husqvarna
514 laps



28777Bobryshev, EvgenyRUS
Honda
415 laps



29149Ullrich, DennisGER
KTM
118 laps



MXGP: Gautier Paulin ficou com a vitória na primeira prova na Itália


E depois da passagem pelo Brasil, o MXGP desembarcou no último final de semana na Itália, para a quarta etapa da temporada. A vitória ficou com Gautier Paulin, que assumiu a ponta no início e imprimiu um ritmo bem forte, para se separar dos rivais e vencer a corrida. Antônio Cairoli perdeu posições no início e deu um show a parte na recuperação.

Na largada, Gautier Paulin assumiu a ponta seguido de Steven Frossard. Na primeira volta, no entanto, Frossard caiu e deu adeus a corrida. O líder do campeonato, Antônio Cairoli, largou mal e teve que partir para prova de recuperação. Com 10 minutos de corrida ele já estava no TOP 10. A sensação da prova era a recuperação e ultrapassagens do piloto Itália. Mas quanto ele chegou na sétima colocação, os rivais a frente já estava bem distantes dele.

Jeremy Van Horebeek acabou tendo problemas numa curva, no meio da prova, e caiu da terceira para a quinta colocação, mas logo ele conseguiu dar o troco em Maximilian Nagl e minimizou o prejuízo. Algumas voltas depois ele conseguiu passar também por Evgeny Bobryshev e recuperou o terceiro posto. Nagl também passou por Bobryshev e subiu para quarta colocação.

Bobryshev parece ter cansado no fim, pois foi superado também por Kevin    Strijbos e quando o cronometro zerou por Cairoli. No fim, Paulin confirmou a vitória com muita tranquilidade, com 2,310 segundos de vantagem para o segundo colocado, Clement Desalle. Van Horebeek completou o pódio na terceira colocação e Cairoli fechou mesmo na sexta posição.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNat.
Bike
lapsDiff. First



121Paulin, GautierFRA
Kawasaki
2035:15.959



225Desalle, ClementBEL
Suzuki
200:02.310



389Van Horebeek, JeremyBEL
Yamaha
200:04.616



412Nagl, MaximilianGER
Honda
200:08.139



522Strijbos, KevinBEL
Suzuki
200:09.826



6222Cairoli, AntonioITA
KTM
200:13.420



7777Bobryshev, EvgenyRUS
Honda
200:26.871



834Roelants, JoelBEL
Honda
200:51.761



939Guarneri, DavideITA
TM
200:53.405



10121Boog, XavierFRA
Honda
200:56.941



1119Philippaerts, DavidITA
Yamaha
201:03.247



1224Simpson, ShaunGBR
KTM
201:09.634



1391Karro, MatissLAT
KTM
201:09.989



1447Waters, ToddAUS
Husqvarna
201:13.509



1545Nicholls, JakeGBR
KTM
201:23.404



1628Rattray, TylaRSA
Husqvarna
201:26.570



178Lupino, AlessandroITA
Kawasaki
201:27.253



18999Goncalves, RuiPOR
Yamaha
201:38.747



19149Ullrich, DennisGER
KTM
201:41.257



20251Thuresson, FilipSWE
Honda
201:50.372



2132Potisek, MilkoFRA
Yamaha
191 lap



2261Brakke, HerjanNED
Kawasaki
191 lap



2395Justs, AugustsLAT
Husqvarna
191 lap



2462Gercar, KlemenSLO
Honda
191 lap



2513Zecchina, SimoneITA
KTM
191 lap



26671Tiainen, SanttuFIN
Husqvarna
191 lap



27323Albertoni, AlessandroITA
CRM
128 laps



283Leok, TanelEST
TM
128 laps



29214Zeni, SamuelITA
Kawasaki
317 laps



30183Frossard, StevenFRA
Kawasaki
020 laps



domingo, 13 de abril de 2014

MotoGP: Segunda vitória de Marc Marquez na temporada


Depois da prova do Qatar, a MotoGP voltou a ação neste final de semana em Austin, no Texas. E Marc Marquez nadou de braçado na pista americana. Venceu com muita tranquilidade e disparou na liderança do campeonato. Um fato interessante é que uma Ducati chegou ao pódio, depois de tanto tempo terminando em posições intermediárias.

Jorge Lorenzo assumiu a ponta no início, mas queimando a largada acintosamente e foi punido. Atrás dele, Marc Maquez e Dani Pedrosa. Logo na primeira volta, Loreno parou para pagar a punição e Marque assumiu a ponta. Valentino Rossi, que perdeu algumas posições no começo, partiu para recuperação e na terceira volta passou Stefan Bradl pela quinta colocação. Na mesma volta, passou também Cal Crutchlow e pulou para quarto.

Na metade da corrida, Bradl conseguiu dar o troco para cima de Rossi e assumiu o quarto posto. Crutchlow parou nos pits para troca de pneus. Duas voltas depois, Rossi foi também superado por Andrea Dovizioso e Pol Espargaró. Na 13, Cal Crutchlow caiu e deu adeus a corrida. Há cinco voltas para o fim, Dovizioso e Bradl chegaram em Andrea Iannone e tomaram a posição dele. Os dois começaram a duelar então pela posição.

No fim, Bradl e Smith travaram uma bela briga pela quarta colocação e o piloto da Honda levou a melhor. Lá na frente, com muita tranquilidade, Marc Marquez venceu com folga, levando cerca de quatro segundos de vantagem para Dani Pedrosa. Andrea Dovizioso completou o pódio na terceira colocação. A MotoGP retorna agora no dia 27 de Abril, na Argentina.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


Moto2: Maverik Viñales vence já na segunda corrida na categoria


Foram necessárias apenas duas corridas para o espanhol Maverik Viñales vencer pela primeira vez na Moto2. Um feito e tanto para o atual campeão da Moto3. A prova começou bem conturbada, com acidente e trocas de posições. Depois se acalmou e passou por um bom tempo sem ação e na parte final, Viñales assumiu a ponta e partiu para a vitória.

Na largada, Julian Simon, que partiu da quinta colocação, assumiu a ponta. Um acidente na primeira curva acabou envolvendo vários pilotos como Josh Herrin, Nicolas Terol, Sam Lowes, Luís Salom e Axel Pons. Dominique Aegerter assumiu a ponta ainda na primeira volta ao superar Simon. Johann Zarco bateu em Simon na segunda volta, na briga pela terceira posição, e ambos abandonaram. Na terceira volta, Xavier Simeon passou Aeguerter pela primeira colocação.

Daí quem chegou em Aeguerter foi Maverik Viñales, na disputa pela segunda colocação. Há sete voltas para o final, Simeon errou o ponto de freada e caiu para a quinta colocação. Com isto, Aeguerter pulou para a ponta. Na volta seguinte, no entanto, Viñales partiu para cima e passou Aeguerter pulando para primeira colocação. Rabat foi junto e Aeguerter caiu para terceira colocação.

Na última volta, Simeon, que liderou todo o início da corrida, caiu também e deu adeus a corrida. No fim, Maverik Viñales venceu com cerca de quatro segundos de vantagem para Esteva Rabat. Aeguerter completou o pódio na terceira colocação.

Confira abaixo o resultado final da corrida.


Moto3: Jack Miller vence corrida espetácular em Austin



E novamente a Moto3 foi um show a parte. Uma briga constante de 18 voltas pelas primeiras colocações entre Jack Miller, Efren Vazquez, Alex Marquez e Romano Fenati deu um sabor a mais a corrida. No fim, foi feito justiça com a vitória do australiano Miller, que lidero o maior número de voltas. Mas a alternância de posições no fim foi impressionante.

Na largada, Jack Miller manteve a ponta seguido de Efren Vazquez. Na primeira volta, Arthur Sissis e Andrea Locatelli caíram e perderam várias posições. Na segunda volta, Alex Marquez e Alex Rins passaram por Jakub Kornfeil pela terceira e quarta colocação. Na sexta volta, Alex Marquez chegou na briga na frente, passou Vazquez e pulou para a segunda colocação. Na volta seguinte, Isaac Viñales foi ao chão e deu adeus a corrida.

Vazquez conseguiu dar o troco para cima de Marquez no sétimo giro. Atrás deles, Romano Fenati superou Alex Rins pela quarta colocação. Na oitava volta, Niccolò Antoneli também caiu e deu adeus a prova. Ao mesmo tempo, no pelotão da frente, Marquez deixava Vazquez novamente para trás e mais uma vez levou o troco.

E na 12, Marquez foi novamente para a segunda colocação e na volta seguinte, Vazquez repetiu o troco. Com isto, Fenati chegou nos dois, na briga pelo pódio. E faltando quarto voltas para o fim, Fenati passou tanto Maquez quanto Vazquez e assumiu a segunda colocação. Na volta seguinte, Vazquez deu o troco em Fenati.

Na penúltima volta, Vazquez passou Miller pela ponta, mas tomou o troco em seguida. Fenati foi junto e Vazquez caiu para terceiro. Vazquez voltou ao segundo posto na abertura da última volta. No meio da volta, Vazquez passou Muller, mas levou o troco na freada. Fenati foi junto e Vazquez caiu para terceiro. Alex Marquez caiu na penúltima curva e Muller levou a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


Superbike: Tom Sykes vence também a segunda corrida em Aragon


Final de semana perfeito para o atual campeão do Mundial de Superbike em Aragon. O piloto da moto #1 da Kawasaki venceu também a segunda corrida, após largar na pole, de ponta a ponta. No entanto, não foi tão fácil desta vez. Ele teve sempre a presença de Loris Baz no encalço dele e no fim, Marco Melandri também chegou pra briga, mas Sykes manteve a ponta e venceu.

Na largada, Tom Sykes manteve a ponta seguido de Loris Baz e Jonathan Rea. Na quarta volta, Chaz Davies, que ocupava uma bela quinta colocação, acabou caindo e deu adeus a corrida. No sétimo giro, Marco Melandri passou Davide Giugliano pela terceira colocação da corrida. Os seis primeiros colocados andavam bem próximo na altura da metade da corrida, separados todos apenas por três segundos.

Na volta 9 foi a vez de Rea perder a terceira posição para Melandri. Sylvain Guintoli, que havia superado Giugliano, passou também Rea para ficar com a quarta colocação. Na penúltima volta, Melandri chegou nas duas Kawasaki da ponta e passou Baz pela segunda colocação. Nas últimas curvas, Baz conseguiu dar o troco e ficou com a segunda colocação. A frente deles, Tom Sykes confirmou a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:.

11T. SYKESKawasaki ZX-10R






276L. BAZKawasaki ZX-10R




0.338
333M. MELANDRIAprilia RSV4 Factory




0.470
450S. GUINTOLIAprilia RSV4 Factory




5.429
565J. REAHonda CBR1000RR




8.861
658E. LAVERTYSuzuki GSX-R1000




15.986
734D. GIUGLIANODucati 1199 Panigale R




18.206
891L. HASLAMHonda CBR1000RR




25.513
924T. ELIASAprilia RSV4 Factory




25.823
1044D. SALOMKawasaki ZX-10R EVO




38.949
1159N. CANEPADucati 1199 Panigale R EVO




39.413
1219L. CAMIERBMW S1000 RR EVO




41.486
1332S. MORAISKawasaki ZX-10R EVO




1'02.587
1423L. SCASSAKawasaki ZX-10R EVO




1'09.720
159F. FORETKawasaki ZX-10R EVO




1'14.046
1621A. ANDREOZZIKawasaki ZX-10R EVO




1'14.233
1720A. YATESEBR 1190 RX




1'35.195
1810I. TOTHBMW S1000 RR




1'37.781
1956P. SEBESTYENBMW S1000 RR EVO




1'54.547
2099G. MAYEBR 1190 RX




1'57.166
RET84M. FABRIZIOKawasaki ZX-10R EVO




5 Laps
RET11J. GUARNONIKawasaki ZX-10R EVO




8 Laps
RET71C. CORTIMV Agusta F4 RR




12 Laps
RET7C. DAVIESDucati 1199 Panigale R




14 Laps
RET22A. LOWESSuzuki GSX-R1000




16 Laps
EX86A. BADOVINIBimota BB3 EVO






EX2C. IDDONBimota BB3 EVO






  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO