terça-feira, 26 de maio de 2015


O que o inglês Jonathan Rea vem fazendo na temporada 2015 do Mundial de Superbike é impressionante. Em cinco etapas (10 corridas) até Donington Park ele venceu oito e terminou as outras duas em segundo, sendo que vinha de quatro vitórias consecutivas. A grande pergunta que todos se faziam era se alguém seria capaz de pará-lo na etapa da Superbike em Donington Park.

Coube a Tom Sykes, campeão de 2013, e companheiro de Rea na Kawasaki o trabalho sujo. Ele venceu as duas do final de semana e conseguiu enfim, frear Rea. No entanto, o líder do campeonato manteve a média de vitória ou segundos lugares, pois terminou exatamente atrás de Sykes nas duas baterias. Leon Haslam, da Aprilia, foi foi o único que conseguiu andar no mesmo ritmo da dupla da Kawasaki.

Mas disputa pela vitória a parte, a grande notícia do final de semana foi o retorno do italiano Davide Giugliano as pistas. Ele havia se acidentado nos treinos de pré-temporada e ficou foram em recuperação até a etapa de Donington Park. Ele foi substituído por Troy Bayliss na Austrália e na Tailândia e por Javier Forés em Aragon e Assen. E voltou em grande estilo, marcando a pole, mas não brigou pela vitória.

Apesar de ter passado em branco na etapa, Rea ampliou ainda mais a vantagem na liderança, já que o vice-líder do campeonato é Haslam e não Sykes. Como Rea terminou a frente do piloto da Aprilia nas duas corridas, foi a 280 pontos contra 179 de Haslam, 178 de Sykes e 155 de Chaz Davies, que terminou as duas corridas em Donington na terceira colocação, superando Haslam no fim pelo briga do pódio.

A próxima etapa da temporada será no circuito do Algarve, em Portugal, no dia 7 de Junho, uma pista super desafiadora, com subidas e descidas, curvas cegas e de muita velocidade.

sábado, 23 de maio de 2015


O turco Kenan Sofuoglu engatou a sexta marcha e vem sobrando na temporada. Na última etapa da Supersport em Ímola, o piloto da Kawasaki chegou a terceira vitória seguida no campeonato. Com isto ele disparou na classificação e lidera com 105 pontos contra apenas 68 do americano Patrick Jacobsen (Kawasaki) e 65 do francês Jules Cluzel (MV Agusta).

A história foi bem parecida com Assen e a briga da corrida foi entre Sofuoglu e Cluzel. O francês largou na pole e manteve a posição no início, mas o turco deu o bote nele na volta seis. Cluzel não deixou barato e deu o troco. Mas duas voltas depois Sofuoglu repetiu a manobra, mas se defendeu do contra ataque do rival e ficou com a vitória.

Sofuoglu e Cluzel brigaram até o fim pela vitória da Supersport em Ímola


Jacobsen e o italiano Lorenzo Zanetti (MV Agusta) também travaram um belo duelo pela terceira colocação, mas ao contrário da briga pela vitória, que deu Kawasaki, na disputa pela última posição no pódio a montadora italiana levou a melhor com Zanetti. Os pilotos voltam a ação já neste final de semana em Donington Park.

Clique no link a seguir para conferir o resultado da etapa da Supersport em Ímola.

quinta-feira, 21 de maio de 2015


É impressionante o que vem fazendo Jonathan Rea neste ano no Mundial de Superbike. O inglês da Kawasaki venceu oito das 10 corridas da temporada e sobra na classificação do campeonato com 240 pontos contra apenas 153 de Leon Haslam e 128 de Tom Sykes. Na última etapa, em Ímola, ele dominou novamente todo o final de semana, vencendo as duas corridas assim como havia feito na Tailândia e na Holanda.

As corridas em San Marino marcaram o retorno do italiano Davide Giugliano a competição. Ele se acidentou em treinos na pré-temporada e teve que ceder a Ducati para outros pilotos enquanto se recuperava. E ele voltou em grande estilo. Marcou a pole e brigou entre os primeiros nas duas corridas. Na primeira, depois de liderar várias voltas, ele terminou em terceiro. Já na segunda ele foi o quarto colocado.

Tom Sykes, companheiro de Rea na Kawasaki, até tentou evitar que ele vencesse novamente, mas no duelo direto Rea acabou levando a melhor duas vezes. A primeira prova teve uma bandeira vermelha, devido a um acidente mais sério com o espanhol David Salom. O também espanhol Jordi Torres fechou o pódio da segunda corrida depois que Michael Van der Mark e Leon Haslam caíram.

Confira abaixo como ficou a classificação do campeonato:

1. J. REA KAWASAKI 240
2. L. HASLAM APRILIA 153
3. T. SYKES KAWASAKI 128
4. C. DAVIES DUCATI 123
5. J. TORRES APRILIA 99
6. S. GUINTOLI HONDA 76
7. M. VD MARK HONDA 67
8. M. BAIOCCO DUCATI 66
9. L. MERCADO DUCATI 62
10. A. LOWES SUZUKI 51



domingo, 17 de maio de 2015


O espanhol Jorge Lorenzo (Yamaha), que não começou nada bem o campeonato, deu uma engrenada assim que a categoria chegou a Europa. Depois de vencer em Jerez na quarta etapa, o piloto repetiu a dose neste domingo em Le Mans. Ele assumiu a ponta logo na largada, imprimiu um ritmo muito forte no início e depois foi só administrar a vantagem para os rivais até o final e comemorar mais uma vitória.

Assim como a Moto2 em Le Mans, a prova foi recheada com algumas quedas. A mais surpreendente foi a do espanhol Daniel Pedrosa (Honda), que voltou depois de ficar três corridas fora se recuperando de uma lesão. Ele até conseguiu se levantar, fez uma prova de recuperação tentando chegar nos pontos, mas terminou na 16ª colocação. Scott Redding, Cal Crutchlow, Karel Abraham e Jack Miller foram outros pilotos que foram ao chão na etapa.

Dani Pedrosa caiu no retorno dele na MotoGP em Le Mans

Enquanto Lorenzo ia embora, Valentino Rossi (Yamaha) escalava o pelotão.. Passou Marquez na segunda volta, Andrea Iannone na 10ª e Andrea Dovizioso na 13ª, chegando a segunda colocação. Como ainda faltava metade da corrida, havia uma expectativa de que ele pudesse buscar Lorenzo, que estava cerca de dois segundos a frente, mas o espanhol que teve um começo tranquilo de corrida, havia poupado pneus e tinha reservas para se defender.

O grande duelo no fim da corrida foi pela quarta colocação entre Marquez e Iannone. Os dois alternaram de posições várias vezes, sempre com o espanhol da Honda indo ao limite e o italiano da Ducati dando o troco. O alemão Bradley Smith acompanhava tudo de perto, esperando para ver se sobrava algo para ele. Até a última volta Iannone tentava dar o troco para cima de Marquez e os dois cruzaram a linha de chegada com o bicampeão 347 milésimos a frente do rival.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1
99Jorge LORENZOSPA
Yamaha
43'44.143
2
46Valentino ROSSIITA
Yamaha
+3.820
3
4Andrea DOVIZIOSOITA
Ducati
+12.380
4
93Marc MARQUEZSPA
Honda
+19.890
5
29Andrea IANNONEITA
Ducati
+20.237
6
38Bradley SMITHGBR
Yamaha
+21.145
7
44Pol ESPARGAROSPA
Yamaha
+35.493
8
68Yonny HERNANDEZCOL
Ducati
+39.601
9
25Maverick VIÑALESSPA
Suzuki
+41.571
10
9Danilo PETRUCCIITA
Ducati
+42.789
11
69Nicky HAYDENUSA
Honda
+53.636
12
76Loris BAZFRA
Yamaha Forward
+1'00.617
13
8Hector BARBERASPA
Ducati
+1'04.272
14
50Eugene LAVERTYIRL
Honda
+1'05.259
15
19Alvaro BAUTISTASPA
Aprilia
+1'05.515
16
26Dani PEDROSASPA
Honda
+1'20.907
17
15Alex DE ANGELISRSM
ART
+1'21.663
18
33Marco MELANDRIITA
Aprilia
1 Lap
Not Classified


43Jack MILLERAUS
Honda
14 Laps


17Karel ABRAHAMCZE
Honda
14 Laps


35Cal CRUTCHLOWGBR
Honda
21 Laps


45Scott REDDINGGBR
Honda
25 Laps


63Mike DI MEGLIOFRA
Ducati
25 Laps


41Aleix ESPARGAROSPA
Suzuki
26 Laps


6Stefan BRADLGER
Yamaha Forward
27 Laps

A etapa da Moto2 em Le Mans foi marcada pelo alto número de quedas, principalmente de nomes acostumados a brigar pela vitória. Quem se deu bem neste cenário foi o suíço Thomas Luthi, que depois de largar na sexta colocação, venceu a corrida. Ele travou um duelo contra o francês Johann Zarco na primeira metade da corrida, mas conseguiu a ultrapassagem na terceira volta e foi embora rumo a vitória.

Dentre os pilotos que caíram podemos citar Alex Marquez, Jonas Folger, Mika Kallio, Luis Salom e Alex Rins. Este último, que conquistou uma bela pole no sábado, pós tudo a perder no domingo. Largou muito mal, perdeu várias posições e na tentativa frenética de recuperação, acabou indo ao chão. O campeão Tito Rabat, que também passou por Zarco, terminou em segundo e o francês fechou o pódio na terceira colocação.

Com as quedas de Folger e Rins na Moto2 em Le Mans, Zarco dispara no campeonato


O inglês Sam Lowes, que largou na primeira fila, começou muito bem, assumindo a ponta na primeira curva, mas não conseguiu se sustentar por muito tempo na frente. Primeiro foi superado por Zarco, depois por Luthi e por fim por Rabat, terminando na quarta colocação, a frente do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli. Julian Simon fechou o TOP6 da corrida e Rins, que conseguiu voltar depois do tombo, foi apenas o 17º.

No campeonato o resultado não poderia ser melhor para Zarco, já que Folger e Rins, que eram o segundo e o terceiro do campeonato, respectivamente, não pontuaram. Zarco foi a 89 pontos com a terceira colocação e agora é seguido de Luthi, que com a vitória pulou de quarto para segundo com 69 pontos. A próxima etapa da Moto2 será no dia 31 de maio no circuito de Mugello e os italianos da categoria vão atrás de uma vitória em casa.

Confira abaixo o resultado final da corrida:
1
12Thomas LUTHISWI
Kalex
42'27.011
2
1Tito RABATSPA
Kalex
+1.767
3
5Johann ZARCOFRA
Kalex
+3.760
4
22Sam LOWESGBR
Speed Up
+4.076
5
21Franco MORBIDELLIITA
Kalex
+14.492
6
60Julian SIMONSPA
Speed Up
+14.681
7
30Takaaki NAKAGAMIJPN
Kalex
+14.845
8
19Xavier SIMEONBEL
Kalex
+15.135
9
55Hafizh SYAHRINMAL
Kalex
+19.243
10
77Dominique AEGERTERSWI
Kalex
+19.531
11
95Anthony WESTAUS
Speed Up
+29.478
12
4Randy KRUMMENACHERSWI
Kalex
+29.646
13
23Marcel SCHROTTERGER
Tech 3
+30.220
14
11Sandro CORTESEGER
Kalex
+30.691
15
49Axel PONSSPA
Kalex
+33.097
16
88Ricard CARDUSSPA
Tech 3
+33.604
17
40Alex RINSSPA
Kalex
+38.293
18
3Simone CORSIITA
Kalex
+39.001
19
25Azlan SHAHMAL
Kalex
+43.459
20
70Robin MULHAUSERSWI
Kalex
+57.742
21
7Lorenzo BALDASSARRIITA
Kalex
+1'09.399
22
10Thitipong WAROKORNTHA
Kalex
+1'17.247
23
66Florian ALTGER
Suter
+1'17.646
24
2Jesko RAFFINSWI
Kalex
+1'17.837
25
51Zaqhwan ZAIDIMAL
Suter
+1'33.192
26
20Louis BULLEFRA
Transfiormers
1 Lap
Not Classified


39Luis SALOMSPA
Kalex
2 Laps


36Mika KALLIOFIN
Kalex
14 Laps


94Jonas FOLGERGER
Kalex
17 Laps


96Louis ROSSIFRA
Tech 3
22 Laps


73Alex MARQUEZSPA
Kalex
22 Laps

A corrida da Moto3 em Le Mans foi marcada pelo alto número de ultrapassagens, já que a qualificação no sábado começou com pista seca, mas a chuva despencou poucos minutos depois do início. Com isto vários pilotos acostumados a brigarem pela vitória tiveram que largar do fim do pelotão e partiram para uma corrida de recuperação. Mas a vitória ficou com o italiano Romano Fenati, que não largou tão de trás assim. Ele saiu da segunda fila, quinta colocação, e levou a equipe de Valentino Rossi ao ponto mais alto do pódio.

O início foi bem movimentado e o italiano Niccolò Antonelli, que largou em sétimo, completou a primeira curva na liderança. O francês Fabio Quartararo, que largou da pole, caiu para o terceiro posto. O também italiano Francesco Bagnaia estava entre os dois e chegou a passar Antonelli no primeiro giro, mas levou o troco. Um acidente na segunda curva acabou tirando da corrida Remy Gardner, Gabriel Rodrigo, Brad Binder e Efren Vasquez. Lá na frente, na terceira volta, Fenati chegou a liderança pela primeira vez ao superar Antonelli e Bagnaia.

O líder do campeonato, Danny Kent, foi um dos que largou lá do fim do grid, na 31ª colocação e começou a dar show na pista. Em três voltas eles já havia passado metade do pelotão. Enquanto os ponteiros perdiam tempo na briga entre eles, Kent avançava. Era um tal de Enea Bastianini passar Quartararo, que passava Antonelli, que dava o troco em Bagnaia que por sua vez era superado por Fenati e o Kent só se aproximava. Com sete voltas para o fim Quartararo deu adeus a briga depois de um tombo. No giro seguinte Kent já estava na quarta colocação.

As últimas três voltas foi de briga direta entre Fenati, Bastianini, Bagnaia e Kent. Mas o líder do campeonato, depois de escalar todo o pelotão, já não tinha uma moto em bom estado para disputar a vitória. Bagnaia assumiu a ponta na penúltima volta, mas na abertura do último giro ele foi superado por Fenati. Bastianini foi junto e Bagnaia caiu para terceiro. Fenati ainda foi atacado pelo rival nas últimas curvas, mas o italiano da SKY Racing Team VR46 venceu por apenas 122 milésimos. Bagnaia fechou o pódio em terceiro e Kent terminou numa bela quarta colocação.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1
5Romano FENATIITASKY Racing Team VR46KTM
41'22.829
2
33Enea BASTIANINIITAGresini Racing Team Moto3Honda
+0.122
3
21Francesco BAGNAIAITAMAPFRE Team MAHINDRAMahindra
+0.457
4
52Danny KENTGBRLeopard RacingHonda
+0.693
5
23Niccolò ANTONELLIITAOngetta-RivacoldHonda
+2.244
6
84Jakub KORNFEILCZEDrive M7 SICKTM
+2.421
7
32Isaac VIÑALESSPAHusqvarna Factory LaglisseHusqvarna
+2.587
8
44Miguel OLIVEIRAPORRed Bull KTM AjoKTM
+4.065
9
16Andrea MIGNOITASKY Racing Team VR46KTM
+14.876
10
65Philipp OETTLGERSchedl GP RacingKTM
+22.588
11
76Hiroki ONOJPNLeopard RacingHonda
+23.247
12
58Juanfran GUEVARASPAMAPFRE Team MAHINDRAMahindra
+26.231
13
11Livio LOIBELRW Racing GPHonda
+26.470
14
63Zulfahmi KHAIRUDDINMALDrive M7 SICKTM
+26.677
15
29Stefano MANZIITASan Carlo Team ItaliaMahindra
+26.841
16
55Andrea LOCATELLIITAGresini Racing Team Moto3Honda
+28.484
17
17John MCPHEEGBRSAXOPRINT RTGHonda
+33.193
18
22Ana CARRASCOSPARBA Racing TeamKTM
+38.979
19
6Maria HERRERASPAHusqvarna Factory LaglisseHusqvarna
+39.450
20
98Karel HANIKACZERed Bull KTM AjoKTM
+58.182
Not Classified


88Jorge MARTINSPAMAPFRE Team MAHINDRAMahindra
1 Lap


10Alexis MASBOUFRASAXOPRINT RTGHonda
3 Laps


31Niklas AJOFINRBA Racing TeamKTM
3 Laps


24Tatsuki SUZUKIJPNCIPMahindra
5 Laps


20Fabio QUARTARAROFRAEstrella Galicia 0,0Honda
7 Laps


12Matteo FERRARIITASan Carlo Team ItaliaMahindra
13 Laps


95Jules DANILOFRAOngetta-RivacoldHonda
14 Laps


40Darryn BINDERRSAOutox Reset Drink TeamMahindra
15 Laps


9Jorge NAVARROSPAEstrella Galicia 0,0Honda
19 Laps


19Alessandro TONUCCIITAOutox Reset Drink TeamMahindra
22 Laps


2Remy GARDNERAUSCIPMahindra
0 Lap
Not Finished 1st Lap


91Gabriel RODRIGOARGRBA Racing TeamKTM
0 Lap


41Brad BINDERRSARed Bull KTM AjoKTM
0 Lap


7Efren VAZQUEZSPALeopard RacingHonda
0 Lap

sábado, 16 de maio de 2015


Depois da abertura do Campeonato Europeu de Moto3 em Portugal, neste final de semana foi a vez de Le Mans receber os pilotos da categoria para a segunda corrida da temporada. O espanhol Aron Canet (Honda), que começou o ano com uma segunda colocação, ficou com a vitória na França. Mas a prova começou de forma terrível, com um acidente assustador na primeira volta do italiano Tony Arbolino (KTM), que foi internado com traumatismo craniano.

Depois de um longo tempo parada e bandeira vermelha, a corrida recomeçou para mais 12 voltas. Canet, que largava na pole, sustentou a posição, mas ao fim do primeiro giro foi superado pelo espanhol Albert Arenas (Husqvarna). O italiano Lorenzo Dalla Porta (Husqvarna) e o espanhol Joan Mir (Honda) se juntaram a eles na briga pela vitória. Mas Arenas caiu na sexta volta e Mir na oitava, deixando a vida fácil para Canet, que confirmou a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


quinta-feira, 7 de maio de 2015


O último domingo (3) foi de estreia da Moto 1000 GP em Curitiba, um dos principais campeonatos de motociclismo da América. E os estrangeiros que invadiram a categoria brilharam na primeira corrida e tiraram os brasileiros do pódio. O francês Matthieu Lussiana (BMW), atual campeão, mostrou que está disposto a buscar o bicampeonato e venceu de forma convincente. Ele superou o português Miguel Praia (Honda) na sexta volta para assumir a liderança e partir para a vitória.

Ao lado de Lussiana e Praia no pódio ficou o argentino Sebastian Porto (BMW), que superou o paranaense Wesley Gutierrez (Kawazaki) na nona volta. Além deles ainda podemos citar o italiano Sebastiano Zerbo (Kawasaki) que terminou em quinto, os argentinos Marco Solorza (Kawasaki) sétimo, Martin Solorza (Kawasaki) oitavo e Diego Pierluigi (Kawasaki) 10º. A segunda etapa da temporada será no dia 31 de maio em Cascavel.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


11
M.Lussiana FRABMW181:22.50224:42.956




217
M.Praia PORHON181:22.63924:43.0560.1000.100

312
S. Porto ARGBMW181:21.92824:43.5150.5590.459

447
W.Gutierrez PRKAW181:22.04124:45.5012.5451.986

581
S.Zerbo ITAKAW181:22.65224:46.2263.2700.725

68
D.Lewis SPKAW181:22.64824:51.5308.5745.304

755
M. Solorza ARGKAW181:23.07725:08.33525.37916.805

865
Mt.Solorza ARGKAW181:23.07125:08.38525.4290.050

988ED.Pretel SPDUC181:24.02425:10.68027.7242.295

1084
D. Pierluigi ARGKAW181:25.09625:15.07732.1214.397

1119EV. Moura PRBMW181:23.95225:32.64049.68417.563


1237EI. Testa DFDUC181:24.64625:33.25250.2960.612

1395EL.Fittipaldi DFKAW181:25.67525:53.6641:10.70820.412

1444EA. Paiato SPBMW171:29.46225:06.3441 Vta1 Vta

1542EM.Salles PRHON171:29.97925:47.1561 Vta40.812

1639EN.Iatauro SPSUZ161:27.13725:52.1722 Vtas1 Vta

1736
P.Thiriet MGKAW31:47.1454:40.45015 Vtas13 Vtas

183
L.Ribodino ARGSUZ21:24.7162:55.16816 Vtas1 Vta

terça-feira, 5 de maio de 2015


A última vitória do espanhol Jorge Lorenzo havia sido no Japão em 2014. Seis etapas depois daquela prova, ele voltou ao ponto mais alto do pódio. E foi aquela típica vitória de Lorenzo, em que ele assume a ponta ainda nas primeiras voltas e vai se embora, controlando a corrida por inteiro, sem dar chances aos rivais, até cruzar a linha de chegada.

Foi uma etapa relativamente com pouca ação. Lorenzo e Marc Marquez largaram nas duas primeiras colocações e por lá ficaram até o fim. Valentino Rossi foi quem conseguiu se movimentar um poco. Após largar na quinta colocação, ele caiu para sexto e teve que recuperar o terreno. Passou os irmãos Espargaró e Andrea Iannone para chegar a terceira colocação.

Outro que fez uma grande corrida foi Cal Crutchlow, que largou na sétima colocação e conseguiu também deixar para trás Pol e Aleix Espargaró além de Iannone e terminou atrás de Rossi, no quarto lugar. O japonês Hiroshi Aoyama, que substitui Dani Pedrosa na Honda, não teve novamente um bom desempenho. Andava lá no pelotão traseiro quando caiu faltando 13 voltas para o fim e abandonou.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

Pos.
Num.RiderNationTeamBike
Time/Gap
1
99Jorge LORENZOSPAMovistar Yamaha MotoGPYamaha
44'57.246
2
93Marc MARQUEZSPARepsol Honda TeamHonda
+5.576
3
46Valentino ROSSIITAMovistar Yamaha MotoGPYamaha
+11.586
4
35Cal CRUTCHLOWGBRCWM LCR HondaHonda
+22.727
5
44Pol ESPARGAROSPAMonster Yamaha Tech 3Yamaha
+26.620
6
29Andrea IANNONEITADucati TeamDucati
+27.021
7
41Aleix ESPARGAROSPATeam SUZUKI ECSTARSuzuki
+35.445
8
38Bradley SMITHGBRMonster Yamaha Tech 3Yamaha
+36.296
9
4Andrea DOVIZIOSOITADucati TeamDucati
+41.933
10
68Yonny HERNANDEZCOLPramac RacingDucati
+51.072
11
25Maverick VIÑALESSPATeam SUZUKI ECSTARSuzuki
+51.674
12
9Danilo PETRUCCIITAPramac RacingDucati
+52.421
13
45Scott REDDINGGBREG 0,0 Marc VDSHonda
+53.052
14
8Hector BARBERASPAAvintia RacingDucati
+53.200
15
19Alvaro BAUTISTASPAAprilia Racing Team GresiniAprilia
+57.344
16
6Stefan BRADLGERAthinà Forward RacingYamaha Forward
+59.018
17
69Nicky HAYDENUSAAspar MotoGP TeamHonda
+1'01.506
18
50Eugene LAVERTYIRLAspar MotoGP TeamHonda
+1'03.163
19
33Marco MELANDRIITAAprilia Racing Team GresiniAprilia
+1'06.895
20
43Jack MILLERAUSCWM LCR HondaHonda
+1'14.182
21
15Alex DE ANGELISRSMOcto IodaRacing TeamART
+1'26.832
22
63Mike DI MEGLIOFRAAvintia RacingDucati
1 Lap
Not Classified


7Hiroshi AOYAMAJPNRepsol Honda TeamHonda
13 Laps


76Loris BAZFRAAthinà Forward RacingYamaha Forward
19 Laps


17Karel ABRAHAMCZEAB MotoracingHonda
24 Laps

domingo, 3 de maio de 2015


Após iniciar a temporada 2015 com vitória no Qatar, o alemão Jonas Folgar venceu novamente neste final de semana em Jerez. Ele largou na primeira fila e fechou a primeira volta na segunda colocação, atrás de Tito Rabat. Ele não deixou o rival escapar e na volta oito efetuou a ultrapassagem, assumindo a ponta. Daí para frente ele não foi mais superado e venceu com relativa tranquilidade, com quase dois segundos de vantagem para o segundo colocado.

Foi uma prova relativamente tranquila, sem muito pegar. Rabat, depois de ser superado por Folger, se manteve em segundo com Alex Rins e Thomas Luthi por perto. Johann Zarco, que não largou bem, ficou bem atrás do pelotão, mas se recuperou no decorrer das voltas e na segunda metade se juntou a eles. Na última volta Rins forçou para cima de Rabat na briga pela vice-liderança, mas eles se tocaram e Rins caiu. Zarco aproveitou e passou os dois e terminou em segundo e Rabat foi o terceiro.

Confira abaixo o resultado final da corrida:
Pos.
Num.RiderNationTeamBikeKm/hTime/Gap
1
94Jonas FOLGERGERAGR TeamKalex153.245'01.873
2
5Johann ZARCOFRAAjo MotorsportKalex153.1+1.931
3
1Tito RABATSPAEG 0,0 Marc VDSKalex153.0+2.222
4
12Thomas LUTHISWIDerendinger Racing InterwettenKalex152.8+6.833
5
19Xavier SIMEONBELFederal Oil Gresini Moto2Kalex152.5+11.086
6
21Franco MORBIDELLIITAItaltrans Racing TeamKalex152.5+12.479
7
39Luis SALOMSPAPaginas Amarillas HP 40Kalex152.4+12.965
8
3Simone CORSIITAAthinà Forward RacingKalex152.4+14.434
9
73Alex MARQUEZSPAEG 0,0 Marc VDSKalex152.2+18.073
10
23Marcel SCHROTTERGERTech 3Tech 3151.9+21.958
11
60Julian SIMONSPAQMMF Racing TeamSpeed Up151.9+22.126
12
55Hafizh SYAHRINMALPetronas Raceline MalaysiaKalex151.8+25.339
13
7Lorenzo BALDASSARRIITAAthinà Forward RacingKalex151.7+26.779
14
4Randy KRUMMENACHERSWIJIR Racing TeamKalex151.6+27.946
15
95Anthony WESTAUSQMMF Racing TeamSpeed Up151.4+30.873
16
77Dominique AEGERTERSWITechnomag Racing InterwettenKalex151.3+34.026
17
30Takaaki NAKAGAMIJPNIDEMITSU Honda Team AsiaKalex151.3+34.105
18
40Alex RINSSPAPaginas Amarillas HP 40Kalex151.2+35.568
19
57Edgar PONSSPAPaginas Amarillas HP 40Kalex151.1+37.590
20
22Sam LOWESGBRSpeed Up RacingSpeed Up150.9+41.011
21
25Azlan SHAHMALIDEMITSU Honda Team AsiaKalex150.6+46.619
22
10Thitipong WAROKORNTHAAPH PTT The Pizza SAGKalex150.5+47.743
23
70Robin MULHAUSERSWITechnomag Racing InterwettenKalex149.9+59.851
24
66Florian ALTGEROcto Iodaracing TeamSuter149.2+1'11.461
25
2Jesko RAFFINSWIsports-millions-EMWE-SAGKalex149.2+1'11.513
26
51Zaqhwan ZAIDIMALJPMoto MalaysiaSuter148.5+1'25.703
Not Classified


36Mika KALLIOFINItaltrans Racing TeamKalex151.14 Laps


11Sandro CORTESEGERDynavolt Intact GPKalex148.712 Laps


88Ricard CARDUSSPATech 3Tech 3150.614 Laps


49Axel PONSSPAAGR TeamKalex150.221 Laps