• MOTOGP: Yamaha revela moto com que Rossi e Lorenzo correrão em 2015

    A Yamaha revelou nesta semana a YZR-M1, moto com que disputará a temporada 2015 da MotoGP. É com ela que tanto...

  • MOTOGP: Honda faz o lançamento da moto em Bali

    Depois do lançamento da Yamaha no meio da semana, neste domingo foi a vez da Honda mostrar ao mundo a moto com a...

  • MOTOGP: Ducati faz lançamento da GP15

    Nesta segunda-feira (16) foi a vez da Ducati revelar a GP15, modelo com que Andrea Dovizioso e Andrea Iannone...

domingo, 1 de março de 2015

AMA SUPERCROSS: Ryan Dungey chega a terceira vitória da temporada


O AMA Supercross permaneceu em Atlanta durante a semana, já que a cidade foi palco de duas etapas seguidas do campeonato. Na primeira, na semana anterior, a vitória ficou com Chad Reed, mas na prova deste sábado (28), Ryan Dungey venceu novamente, a terceira dele na temporada, e se isolou ainda mais na liderança do campeonato.

Vamos a história da corrida! Na "HEAT 1" Reed marcou o "holeshot" e partiu para a vitória com muita tranquilidade. A corrida foi marcada por uma boa briga pela quinta colocação entre Broc Tickle, Phillip Nicoletti e David Millsaps. Tickle levou a melhor, mas os três morreram na praia. Eli Tomac, Weston Peick e Ken Roczen foram os outros classificados.

Já no "HEAT 2", Ryan Dungey foi o grande nome. Assim com Reed na primeira, ficou com o "holeshot" e partiu para uma vitória tranquila. Atrás dele, Andrew Short e Joshua Grant travaram um belo duelo pela vice-liderança, mas Trey Canard levou a melhor sobre os dois e ficou com a posição. Short se classificou em terceiro, mas Grant perdeu a vaga para Blake Baggett.

Na "SEMI 1", a segunda chance para os que não se classificaram de cara, e Joshua Grant não desperdiçou a oportunidade. Ficou com o "holeshot" e venceu a prova. Jacob Weimer que estava em segundo, foi superado por David Millsaps e terminou em terceiro. Joshua Hill e Jimmy Albertson ficaram com as duas outras vagas restantes.

O destaque da "SEMI 2" foi a perda de rendimento de Phillip Nicoletti. Ele marcou o "holeshot", mas foi superado por Broc Tickle na terceira volta, que venceu. Mas daí, Nicoletti também foi superado por Cole Seely, Jason Anderson, Mike Alessi e Kyle Partridge e não conseguiu garantir a vaga para a grande final.

Restavam ainda quatro vagas para a repescagem. Apesar do "holeshot" ter ficado com Kyle Chisholm, Phillip Nicoletti assumiu a ponta ainda na primeira volta e partiu para a vitória. Chisholm garantiu a vaga em segundo. A terceira colocação foi mais disputada entre Nicholas Schmidt e Nicholas Wey. Schmidt ficou com a posição, mas ambos se classificaram.

Na corrida principal, Weston Peick começou no domínio. Chad Reed ainda tentou superá-lo, mas levou o troco logo em seguida. Daí o vencedor da semana anterior acabou caindo e deixou a vida de Peick um pouco mais fácil. A briga pela liderança pegou fogo na quinta volta. Ryan Dungey chegou em Peick, mas não conseguiu passar direto. Com isto, Eli Tomac e Trey Canard chegaram na disputa.

No sexto giro Dungey conseguiu passar por Peick e foi se embora, rumo a terceira vitória. Peick, Tomac e Canard se pegaram na briga pela vice-liderança e chegaram a protagonizar um #3wide. Canard levou melhor seguido de Tomac e Peick caiu para quarto. Na volta 10 foi a vez de Broc Tickle superar Peick pela quarta colocação. No fim, com mais de seis segundos de vantagem, Dungey cruzou a linha de chegada a frente de Tomac.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


sábado, 28 de fevereiro de 2015

MXGP: Maximilian Nagl varre etapa do Qatar do Mundial de Motocross



E só deu Maximilian Nagl (Husqvarna) no Qatar na abertura do MXGP. Ele repetiu a vitória na segunda corrida, mais ou menos nos mesmo moldes da primeira. Marcou o "holeshot" no começo e foi se embora. Com a diferença que ele não permitiu a aproximação de ninguém nesta segunda prova e venceu com quase cinco segundos de vantagem.

Gautier Paulin (Honda) pulou para segundo no início, mas na parte final da corrida foi superado por Clement Desalle (Suzuki). Paulin ficou mesmo com o terceiro posto. O italiano Antonio Cairoli (KTM), que venceu a prova de qualificação, não passou do quarto posto. Jeremy Van Horebeek (Yamaha) fechou o TOP5 da corrida.

O norte-americano Ryan Villopoto (Kawasaki) foi um pouco melhor na segunda corrida, chegou a andar em sétimo, mas no fim caiu para oitavo ao ser superado por Romain Febvre (Yamaha). Com os resultados, Nagl foi aos 50 pontos contra 44 de de Desalle e 38 de Paulin e Cairoli, que estão empatados na terceira colocação.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNationBikeTimelapsDiff. First





112Nagl, MaximilianGER Husqvarna35:00.295180:00.000





225Desalle, ClementBEL Suzuki35:06.318180:06.023


321Paulin, GautierFRA Honda35:09.047180:08.752


4222Cairoli, AntonioITA KTM35:13.082180:12.787


589Van Horebeek, JeremyBEL Yamaha35:18.035180:17.740


622Strijbos, KevinBEL Suzuki35:24.971180:24.676


7461Febvre, RomainFRA Yamaha35:36.652180:36.357


82Villopoto, RyanUSA Kawasaki35:41.111180:40.816


9777Bobryshev, EvgenyRUS Honda36:03.589181:03.294


10259Coldenhoff, GlennNED Suzuki36:07.477181:07.182


1117Butron, JoseESP KTM36:11.376181:11.081


1239Guarneri, DavideITA TM36:18.449181:18.154


1347Waters, ToddAUS Husqvarna36:19.349181:19.054

1424Simpson, ShaunGBR KTM36:24.607181:24.312


159de Dycker, KenBEL KTM36:31.323181:31.028


1628Rattray, TylaRSA Kawasaki36:39.009181:38.714


17111Ferris, DeanAUS Husqvarna37:09.305182:09.010


18999Goncalves, RuiPOR Husqvarna35:01.94917-1 lap


1923Charlier, ChristopheFRA Honda35:20.06317-1 lap


2011Bengtsson, FilipSWE Honda35:31.61817-1 lap


2177Lupino, AlessandroITA Honda35:39.78217-1 lap


22731Shipton, Jake JamesGBR KTM35:53.39117-1 lap


23400Yamamoto, KeiJPN Honda36:00.80717-1 lap


24177Coates, PaulGBR Yamaha24:00.14211-7 laps


2519Philippaerts, DavidITA Yamaha15:30.2647-11 laps


26957Preston, JakeGBR KTM17:22.3917-11 laps


27183Frossard, StevenFRA KTM7:47.6073-15 laps


28100Searle, TommyGBR KTM6:00.3552-16 laps


MXGP: Maximilian Nagl começa 2015 na frente



E o MXGP está de volta. O Qatar é palco da abertura do campeonato do Mundial de Motocross e na primeira corrida da rodada dupla a vitória ficou com Maximilian Nagl. O piloto alemão da Husqvarna venceu com 1m221s de vantagem para o segundo colocado, Clement Desalle (Suzuki).

Nagl já assumiu a liderança da corrida na largada, marcando o holeshot. O campeão Antonio Cairoli (KTM) estava em segundo e parecia que iria para cima de Nagl brigar pela vitória. No entanto, Nagl foi-se embora e Cairoli foi superado por Desalle.

O norte-americano Ryan Villopoto (Kawasaki), uma das novidades da temporada, começou com o pé esquerdo. A moto dele ficou presa no "gate" no início, apagou e até que ele conseguiu voltar, já tinha ficado bem para trás. Mesmo assim, fez uma grande prova de recuperação e terminou em nono.

O começo, aliás, foi bem conturbado. Tanto Ken de Dycker (KTM) quanto Nathan Watson (Husqvarna) caíram no primeiro giro. De Dycker prosseguiu na prova, mas Watson abandonou. No fim da corrida, parecia que Desalle chegaria em Nagl para brigar pela ponta, mas o alemão administrou bem a vantagem e venceu.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

PosNrRiderNationBikeTimelapsDiff. First





112Nagl, MaximilianGER Husqvarna34:52.985180:00.000





225Desalle, ClementBEL Suzuki34:54.206180:01.221


3222Cairoli, AntonioITA KTM35:11.535180:18.550


421Paulin, GautierFRA Honda35:17.794180:24.809


589Van Horebeek, JeremyBEL Yamaha35:27.795180:34.810


6461Febvre, RomainFRA Yamaha35:35.380180:42.395


724Simpson, ShaunGBR KTM35:40.280180:47.295


8777Bobryshev, EvgenyRUS Honda35:49.037180:56.052


92Villopoto, RyanUSA Kawasaki35:52.594180:59.609


1019Philippaerts, DavidITA Yamaha35:56.164181:03.179


11183Frossard, StevenFRA KTM36:00.332181:07.347


1222Strijbos, KevinBEL Suzuki36:02.099181:09.114


1339Guarneri, DavideITA TM36:03.623181:10.638


1417Butron, JoseESP KTM36:04.947181:11.962


1547Waters, ToddAUS Husqvarna36:05.840181:12.855

16100Searle, TommyGBR KTM34:32.54817-1 lap


1728Rattray, TylaRSA Kawasaki34:35.45617-1 lap


18259Coldenhoff, GlennNED Suzuki34:41.96917-1 lap


199de Dycker, KenBEL KTM34:47.92217-1 lap


2023Charlier, ChristopheFRA Honda34:52.19217-1 lap


21999Goncalves, RuiPOR Husqvarna34:57.95017-1 lap


2211Bengtsson, FilipSWE Honda35:08.02517-1 lap


23111Ferris, DeanAUS Husqvarna35:58.30917-1 lap


24731Shipton, Jake JamesGBR KTM36:04.85217-1 lap


2577Lupino, AlessandroITA Honda36:18.77617-1 lap


26400Yamamoto, KeiJPN Honda36:24.49317-1 lap


27957Preston, JakeGBR KTM34:14.27012-6 laps


28177Coates, PaulGBR Yamaha10:24.1144-14 laps

29991Watson, NathanGBR Husqvarna1:39.7370-18 laps

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

AMA SUPERCROSS: Chad Reed desbanca favoritos e vence em Atlanta


O campeonato do AMA Supercross não para e segue firme e forte. No último final de semana foi disputada a oitava rodada da temporada em Atlanta e com um resultado diferente. Até então, apenas quatro pilotos haviam vencido, mas Chad Reed se intrometeu no quadro dos vencedor no ano e levou a vitória.

A "HEAT 1" foi dominada por Ryan Dungey, que marcou o "holeshot" e não foi mais incomodado durante a prova. Atrás dele Eli Tomac, Weston Peick e Jason Anderson também garantiram uma classificação tranquila para a corrida principal, sem terem trabalhos com os demais rivais.

Já na "HEAT 2" Chad Redd saiu marcando o "holeshot", mas não conseguiu manter a liderança por muito tempo. Foi logo superado por Trey Canard que partiu para a vitória. Reed conseguiu segurar a segunda colocação, mesmo com a pressão de Ken Roczen. Phillip Nicoletti foi o quarto classificado.

Na "SEMI 1" Andrew Short marcou o "holeshot" e disparou na liderança e venceu. Enquanto isto, a briga pela segunda colocação pegava fogo entre Cole Seely, Mike Alessi e Kyle Chisholm. Os três acabaram conquistando a vaga junto com Joshua Grant que terminou em quinto.

Na "SEMI 2" Ronnie Stewart ficou com o "holeshot", mas não durou muito tempo na ponta. Broc Tickle o superou ainda na primeira volta e partiu pra vitória. Stewart ainda foi superado por David Millsaps e Blake Baggett e terminou em quarto. Joshua Hill ficou com a última vaga.

Os desesperados foram para a repescagem atrás das quatro últimas vagas restantes. Jacob Weimer marcou o "holeshot" e venceu de ponta a ponta seguido de Nicholas Wey e Zackery Freeberg. A última vaga foi definida depois de uma grande briga. Alex Ray tentou de todas as formas passar Cade Clason, mas não conseguiu e Clason se classificou.

A corrida começou já com Chad Reed marcando o "holeshot" e disparando na liderança. Eli Tomac, que estava na quinta colocação, caiu na volta seis e perdeu e despencou na tabela. Na giro seguinte foi a vez de Ken Roczen ir ao chão. Enquanto isto, Ryan Dungey e Trey Canard escalavam o pelotão até chegarem em segundo e terceiro. Mas era tarde demais para buscar Reed, que já havia construído uma vantagem confortável e venceu.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


domingo, 22 de fevereiro de 2015

SBK: Em mais um final impressionante, Haslam vence por 10 milésimos


Grande corrida do Mundial de Superbike em Phillip Island. Se na primeira prova Jonathan Rea venceu Leon Haslam por apenas 39 milésimos, na segunda Haslam deu o troco e cruzou somente 10 milésimos a frente do rival. Chaz Davies e Mark Van der Mark se juntaram aos dois e protagonizaram uma bela corrida ao longo das 22 voltas programadas.

A largada da segunda corrida foi um repeteco da primeira. Jonathan Rea manteve a ponta e Leon Haslam superou Chaz Davies. E não parou por aí, pois Davies conseguiu novamente dar o troco em Haslam na segunda volta. Na quinta volta Michael Van der Mark também passou por Haslam, que caiu para o quarto posto. Mas o inglês deu o troco logo em seguida.

Duas voltas depois, Haslam e Van der Mark passaram por Davies que foi para a quarta colocação. Na volta seguinte Haslam e Van der Mark passaram por Rea na briga pela ponta. Van der Mark não parou por aí e também deixou Haslam para trás para assumir a primeira colocação. A briga não parou por aí e na volta 12 Haslam conseguiu deixar Van der Mark para trás na briga pela vitória.

Jonathan Rea e Chaz Davies foram juntos e Van der Mark caiu para quarto. Com problemas nos pneus, Troy Bayliss teve que parar nos pits na volta 15. Com cinco voltas pra o fim, Jordi Torres sofreu uma queda que destruiu a moto. Com três voltas para o fim, Van der Mark caiu e abandonou a prova. Lá na frente, Davies passou Haslam e Rea e pulou para a ponta.

Na última volta, no entanto, Haslam e Rea passaram por Davies que caiu para terceiro. Rea foi para cima de Haslam nas últimas curvas e fez a ultrapassagem. Os dois rasgaram a linha de chegada lado a lado e Haslam venceu por apenas 10 milésimos. Davies, terceiro, cruzou a linha de chegada 288 milésimos atrás de Haslam.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1 91 HASLAM Leon Aprilia RSV4 RF LEAD




2 65 REA Jonathan Kawasaki ZX-10R +0.010




3 7 DAVIES Chaz Ducati Panigale R +0.298




4 66 SYKES Tom Kawasaki ZX-10R +5.242




5 1 GUINTOLI Sylvain Honda CBR1000RR SP +14.649




6 18 TEROL Nicolas Ducati Panigale R +16.025




7 14 DE PUNIET Randy Suzuki GSX-R1000 +22.300




8 2 CAMIER Leon MV Agusta 1000 F4 +23.606




9 15 BAIOCCO Matteo Ducati Panigale R +23.818




10 40 RAMOS Román Kawasaki ZX-10R +35.775




11 36 MERCADO Leandro Ducati Panigale R +39.929




12 20 BARRIER Sylvain BMW S1000 RR +46.267




13 51 BARRAGÁN Santiago Kawasaki ZX-10R +57.893




14 72 PEGRAM Larry EBR 1190 RX +62.676




15 23 PONSSON Christophe Kawasaki ZX-10R +65.262




16 21 BAYLISS Troy Ducati Panigale R 1 LAP




17 10 TOTH Imre BMW S1000 RR 1 LAP




RT 60 VD MARK Michael Honda CBR1000RR SP 4 LAPS



RT 81 TORRES Jordi Aprilia RSV4 RF 5 LAPS



RT 77 METCHER Jed Kawasaki ZX-10R 19 LAPS



RT 22 LOWES Alex Suzuki GSX-R1000 21 LAPS


SSP: Jules Cluzel converte pole em vitória na Austrália


O francês Jules Cluzel começou com tudo a temporada 2015 do Mundial de Supersport. Após brigar contra Michael Van der Mark e perder o título na temporada passada, o piloto da MV Agusta parece disposto a não cometer o mesmo erro nesta temporada. Depois de marcar a pole no sábado, ele venceu a corrida no domingo. Teve que batalhar pela liderança nas primeiras voltas, mas logo assumiu a ponta e dominou a etapa.

Kenan Sofuoglu largou melhor e tomou a primeira colocação de Cluzel, que caiu para segundo. Mas ainda na primeira volta o francês conseguiu dar o troco e Sofuoglu ainda foi superado por Ratthapark Wilairot. Lorenzo Zanetti, que largou em terceiro e caiu para quinta colocação, partiu para recuperação e na quinta volta já estava na segunda colocação, depois de superar Sofuoglu e Wilairot.

Sofuoglu, tentando se recuperar, abusou da velocidade e escapou da pista na volta seis e despencou na tabela de classificação. O francês Lucas Mahias também evoluiu bem na primeira metade da corrida e na volta 10 chegou ao terceiro posto. Mas na segunda parte ele não manteve o ritmo e foi superado por Gino Rea, Kyle Smith e Wilairot, caindo novamente para sexto. No fim, Cluzel garantiu a vitória com tranquilidade.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1 16 CLUZEL Jules MV Agusta F3 675 LEAD

2 87 ZANETTI Lorenzo MV Agusta F3 675 +3.494

3 4 REA Gino Honda CBR600RR +8.636
4 111 SMITH Kyle Honda CBR600RR +8.668
5 9 WILAIROT Ratthapark Honda CBR600RR +10.613
6 54 SOFUOGLU Kenan Kawasaki ZX-6R +18.608

7 25 BALDOLINI Alex MV Agusta F3 675 +18.701

8 44 ROLFO Roberto Honda CBR600RR +18.741
9 6 SCHMITTER Dominic Kawasaki ZX-6R +21.333

10 99 JACOBSEN Patrick Kawasaki ZX-6R +26.448

11 11 GAMARINO Christian Kawasaki ZX-6R +26.979

12 5 FACCANI Marco Kawasaki ZX-6R +26.992
13 41 WAGNER Aiden Yamaha YZF R6 +34.058
14 68 SCOTT Glenn Honda CBR600RR +36.066

15 61 MENGHI Fabio Yamaha YZF R6 +36.624

16 19 WAHR Kevin Honda CBR600RR +37.284
17 20 PHILLIS Alex Honda CBR600RR +42.091

18 74 CLARKE Kieran Honda CBR600RR +67.842
19 24 RAMIREZ Marcos Kawasaki ZX-6R +67.976

RT 84 RUSSO Riccardo Honda CBR600RR 3 LAPS
RT 36 CARDENAS Martin Honda CBR600RR 4 LAPS
RT 14 MAHIAS Lucas Kawasaki ZX-6R 5 LAPS
RT 10 CALERO Nacho Kawasaki ZX-6R 5 LAPS