segunda-feira, 13 de julho de 2009

A crise continua fazendo vítimas na MotoGP! Agora foi a vez do grupo Francisco Hernando se retirar das pistas. O motivo alegado: A crise Mundial! Em anuncio à impressa foi dito que o grupo decidiu concentrar os investimentos "focando todos os esforços nos seus projetos de promoção e construção".
Com isto o espanhol Sete Gibernau ficou a pé. Ele que havia se aposentado em 2006 e decidiu voltar nesta temporada, se disse chocado com a notícia. Com isto o grid da categoria passa a contar agora apenas com 17 motos.