quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Depois de um ano em que poucos pilotos das 250cc migraram para a MotoGp, parece que o na próxima temporada a história será um pouco diferente. O campeão da categoria, Marco Simoncelli, foi o primeiro a ser anunciado meses atrás. Em 2010 ele subirá para a categoria principal correndo pela equipe Gresini Honda.
Já neste mês, as notícias das danças das cadeiras acelerou e três novos pilotos farão a estréia na categoria. O espanhol Álvaro Bautista (foto acima) foi o primeiro a ser anunciado e correrá pela equipe Suzuki na próxima temporada. "Sei que será tudo novo e vou trabalhar com pessoas que não conheço, sendo que a maioria deles são ingleses. Venho de uma equipa dominada por espanhóis e italianos, pelo que será uma grande mudança e depois, é claro, a moto será totalmente diferente. Vamos ter de trabalhar arduamente na pré época para termos uma boa adaptação", comentou o piloto.
Depois foi Jorge Martínez ‘Aspar’, que estreará sua equipe na MotoGP em 2010, anunciar que seu piloto será o também espanhol Héctor Barberá (foto acima). A dono da Aspar Ducati justificou a escolha assim: “Estivemos com o Héctor Barberá por todos estes anos e tivemos muito sucesso juntos. O campeonato de Espanha em conjunto com os Grandes Prêmios nas 125cc e estou certo que este será mais um grande projeto".
Já Aleix Espargaró (foto acima), apesar de não ter conquistado uma vaga concreta para a próxima temporada, vai estrear na categoria já na próxima prova, em Indianápolis. Ele vai substituir Mika Kallio na equipe Pramac Racing, já que o finlandês está cobrindo a vaga de Casey Stoner na Ducati. Na última prova a vaga de Kallio ficou com o italiano Michel Fabrízio da Superbike, mas como o piloto disputa o título na categoria, ele achou melhor concentrar as forças por lá. “Estou muito contente porque estou numa fase muito difícil. Estamos começando um projeto para o próximo ano e estar de volta ao Campeonato do Mundo vai ser uma boa oportunidade de voltar a estar em contato com as coisas", disse Espargaró, .

3 comentários:

  1. O Aleix é muito bom...Ficou sem moto pra correr esse ano, ganhou uma chance do Aspar e fez marcou ótimos resultados nas 2 corridas que disputou até agora. Merece uma chance!

    O lance com o Matia Pasini nao vingou pq ele nao aceitou a proposta e preferiu terminar o ano nas 250cc.

    ResponderExcluir
  2. Existe um algo mais para Aspar voltar a contratar o Barberá: ambos são valencianos.

    ResponderExcluir
  3. Bela escolha de foto para o post. =P

    ResponderExcluir