quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Essa foi a afirmação feita pelo preparador físico e empresário de Jorge Lorenzo, Marcos Hirsch.


Em uma entrevista a Cadena Ser, rádio espanhola, Marcos criticou "as formas" de Valentino para desconcentrar Lorenzo, durante o campeonato:

"É triste que a um campeão como Valentino lhe preocupe tanto Jorge. O que teria que fazer era estar feliz, lutar e ganhar no mano-a-mano e não utilizar estratégias de "vá embora" ou " não quero que você esteja aqui. A estratégia psicológica de mandar mensagens por jornalistas amigos me surpreende um pouco" - disse.

Nessa mesma entrevista, Hirsch afirmou também que não garante que Jorge Lorenzo siga em Yamaha em 2011:

"Valorizaremos o que acharmos que for melhor para a carreira do Jorge. O que digam os demais, as mensagenzinhas e o falatório pelo paddock, não nos importa na hora de tomar a decisão".


Ouça o áudio original, em espanhol

0 comentários:

Postar um comentário