domingo, 20 de junho de 2010

Vitória do francês Jules Cluzel, da equipe Forward Racing que usa chasi Suter, a primeira dele na carreira. Cluzel, que fez parte o tempo todo do pelotão dianteiro, abriu a última volta na segunda posição, mas acabou aproveitando de um erro do líder para assumir a ponta e vencer.

Na largada Claudio Corti manteve a posição seguido do Cluzel, Julian Simon e Yonny Hernandez. No fim da primeira volta, no entanto, a terceira posição já era de Fonsi Nieto, que largou muito bem, saindo de décimo para terceiro em duas voltas. Ainda na segunda volta um incidente envolvendo Simone Corsi e Stefan Bradl tirou ambos da prova.

Na terceira volta Nieto ultrapassou o Cluzel e o Corti, assumindo a liderança da prova. Corti conseguiu dar o troco em Nieto, reassumindo a primeira posição na volta seguinte. Depois do belo começo, Nieto perdeu também a segunda posição para Cluzel e Simon, caindo para quarto.

Na quarta volta uma bela briga colocou Simon na primeira posição: Cluzel colocou de um lado e o espanhol do outro, deixando o Corti no meio e na freada Simon levou a melhor, seguido de Cluzel. A partir da sexta volta os três primeiros conseguiram se distanciar do pelotão, tendo mais tranquilidade para brigar entre eles. Na oitava volta o Cluzel fez uma grande ultrapassagem para cima do Simon, assumindo a ponta da prova. O Corti foi junto, pulando para segundo e deixando o Simon em terceiro.

No segundo pelotão a briga também era quente entre Scott Redding, Alex Debon, Shoya Tomizawa, Thomas Luthi, Xavier Simeon e Yonny Hernandez. Na décima volta o Luthi, que fazia volta mais rápida atrás de voltas mais rápida, assumiu a liderança deste segundo pelotão, na quarta colocação.

Na 12ª volta, depois de andar tão rápido, Luthi e Redding chegaram no pelotão da frente, que passou a ser de cinco motos. O Luthi partiu então para cima do Corti e do Simon, assumindo a segunda posição e partiu para a briga com Cluzel pela liderança da prova. Faltando duas voltas para o fim, o Corti, que largou na pole, acabou caindo, terminando de forma triste um fim de semana espetacular.

O Luthi também acabou ultrapassando o Cluzel, pulando para a ponta e começou a abrir do pelotão, provando estar com a moto mais acertada do grid. No entanto,ele acabou dando uma balançada na última volta, permitindo assim que o Cluzel reassumisse a liderança. A briga entre os dois foi intensa nas últimas curvas, mas não deu para o Luthi e a vitória ficou mesmo com o Cluzel.

Confira abaixo o resultado final da prova.

0 comentários:

Postar um comentário