domingo, 18 de julho de 2010


O espanhol Toni Elias, líder do campeonato da Moto2, voltou a vencer na categoria depois de um bom tempo longe do ponto mais alto do pódio. E foi uma vitória suada, porque ele perdeu várias posições no início, mas partiu para a recuperação e buscou a vitória.

Na largada aconteceu outro strike, com várias motos caindo enquanto o hungáro Gabor Talmacsi assumia a liderança da prova. Na segunda volta Iannone recuperou a primeira posição, numa bela ultrapassagem por fora. Na quarta volta o espanhol Julian Simon, que ocupava a terceira posição, caiu e abandonou a prova. O alemão Arne Tode, que largou numa bela segunda posição, não ficou seis voltas na pista, quando caiu e perdeu várias posições.

Toni Elias, líder do campeonato, que largou em terceiro e perdeu várias posições, começou uma prova de recuperação e na volta 6 ultrapassou Alex Debon, para assumir a quarta colocação. Uma volta depois Debon foi ao chão, mais uma vez na temporada, abandonando a prova. Na oitava volta Elias passou o italiano Simone Corsi, para assumir a terceira posição. Na volta 10 foi a vez do vice-líder do campeonato, o suíço Thomas Luthi cair e abandonar a prova.

Na volta 18 Toni Elias chegou no Talmacsi e fez a ultrapassagem com muita facilidade, assumindo a segunda posição. Simone Corsi foi junto e Talmacsi caiu para quarta posição. No entanto, na 20ª volta, Corsi caiu e abandonou a prova, permitindo ao Talmacsi voltar para a terceira posição. Faltando seis voltas para o fim foi a vez de Andrea Iannone perder a posição, e a liderança, para Toni Elias.

A 3 voltas para o fim da prova o italiano Roberto Rolfo foi para cima do Talmacsi e assumiu a terceira posição. Na volta seguinte o espanhol Fonsi Nieto passou o Rolfo, mas o italiano deu o troco na briga pela última posição no pódio. Lá na frente, Toni Elias confirmou a vitória seguindo de Iannone e Rolfo em terceiro.

Confira abaixo o resultado final da prova:

0 comentários:

Postar um comentário