segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A vida do italiano Andrea Dovizioso não é das melhores na MotoGP. Ele que é piloto da equipe oficial da Honda, mas devido ao anúncio da contratação do australiano Casey Stoner pela montadora japonês, o futuro dele passou a ser incerto dentro da categoria.

Alguns dizem que a Honda vai para 2011 com 3 motos e que ninguém perderia a vaga, já outros apostam apostam na teoria de que o italiano terá que procurar uma equipe satélite para o ano que vem, pois perderá a vaga. O certo é que Dovizioso precisa mostrar nestas últimas provas do campeonato que tem potencial para a equipe apostar nele.

Na última corrida, em Brno, ele caiu e abandonou a prova. Sobre o incidente ele disse que foi um bom fim de semana, exceto pelo resultado final: "estávamos competitivos, conseguimos boas ultrapassagens, mas no fim o resultado não apareceu".

Ele comentou que está indo para Indianápolis determinado a transformar a boa performance em resultado. "Precisamos de um bom resultado para o time e para a posição no campeonato". Dovizioso lembrou que em 2009 terminou em quarto na prova dos Estados Unidos e que isto serve como uma motivação extra para este fim de semana.

Fica a torcida para que a Honda possa mesmo sustentar 3 motos em condições de brigar pelo título para a próxima temporada e que Dovizioso possa permanecer na equipe, para aumentar o número de pilotos bons em condições de brigar pela vitória.

0 comentários:

Postar um comentário