sábado, 4 de setembro de 2010


Em entrevista ao jornal italiano "La Stampa",
Jorge Lorenzo responde a Rossi e volta a esquentar o clima dentro da equipe Yamaha


A entrevista para o jornal italiano com o atual líder do Mundial de MotoGP, Jorge Lorenzo, engloba várias perguntas sobre medos, adversários, a queda no início do ano, quando fraturou a munheca, Biaggi, etc..., mas o que realmente chama a atenção, e é o prato forte da entrevista, já que Lorenzo se caracteriza por ser bem sincero, são as perguntas sobre Valentino Rossi.

É sabido que Rossi e Lorenzo nunca foram grandes companheiros de equipe e que a guerra mediática entre eles é tão grande quanto sua guerra nas pistas.

Confira algumas das perguntas e suas respostas, que não tem desperdício:

Rossi disse que graças a ele, você aprendeu muito.

"Não sei porque disse isso. Valentino não me deixou aprender nada. Desde o princípio quis colocar um muro no box, um pneu diferente ao meu...A moto era a mesma e desafiando a ele pude melhorar, até o momento em que eu comecei a ganhar. Rossi nunca me disse: "Jorge isso se faz assim" . Não apenas não me ensinou nada, como fez de tudo para que eu não aprendesse nada"

Saiu da Yamaha por sua culpa?
"Não estou na sua cabeça, mas certamente meu crescimento não ajudou em sua permanência"

Rossi também superou seus rivais mentalmente: Biaggi, Gibernau, Stoner. Lorenzo não. Por que?
"Porque não dependo de outros. Não me interessa o que o Valentino faz. Sou obssessionado por mim mesmo. Devo derrotar a mim mesmo, não Rossi"

Alguma vez pensou que o acidente em Mugello, paradoxicamente, te beneficiou? Valentino sempre terá esse argumento para explicar a derrota.
(Sorri) As pessoas me dizem: "Você teve sorte". "Claro"- respondo- se machucou de propósito para me ajudar".

"Rossi caiu em Mugello porque ia ao limite e andava ao limite porque eu o havia ganhado em Jerez e Le Mans. Era mais forte que ele e o obriguei a cometer um erro, como aconteceu comigo em 2008 e 2009, quando ele era superior a mim. nas motos funciona assim".

2011 será um briga entre dois?
"Estarão também Pedrosa e Stoner".

Leia a entrevista completa, em italiano, clicando aqui

0 comentários:

Postar um comentário