domingo, 31 de outubro de 2010

Stefan Bradl foi o grande vencedor da etapa de Portugal da Moto2. A grande sensação no entanto foi o turco Kenan Sofuoglu, campeão da Supersport, que fez uma prova como convidado na categoria. Conseguiu assumir a ponta no começo e só perdeu no fim da prova, devido aos desgastes nos pneus.

Na largada Kenan Sofuoglu, campeão da Supersport, partiu para a ponta, mas logo fui superado pelo Gabor Talmacsi. No entanto o líder acabou errando na segunda volta e caiu para terceiro, cedendo a posição para o colombiano Yonny Hernandez. Na terceira volta Sofuoglu passou o Talmacsi e pulou para segundo. Na terceira volta foi a vez de Hernandez ser ultrapassado por Sofuoglu, que voltou para a ponta da prova.

Na quarta volta o japonês Yuki Takahashi caiu e abandonou. Na quinta volta, Hernandez que estava na segunda posição, também caiu e perdeu a oportunidade de terminar a melhor prova da carreira. Sofuoglu começou a abrir na liderança e na volta 10 já estava com quase 4 segundos de vantagem. Enquanto isto a briga pegava no pelotão intermediário.

Na volta 15, o campeão Toni Elias, que não fazia uma boa prova, caiu e abandonou a prova. Faltando 8 voltas para o fim, Sofuoglu começou a ser alcançado pelos rivais e Stefan Bradl e Alex Baldolini o deixaram para trás. Na mesma volta Andrea Iannone caiu e também abandonou a prova. Faltando quatro voltas para o fim Baldolini foi para cima de Bradl, mas não conseguiu consolidar a ultrapassagem.

No fim deu mesmo Bradl seguido de Baldolini e na briga pela terceira posição, tudo se resolveu na última curva quando Sofuoglu foi ultrapassado por Alex de Algelis e Scott Reeding. Confira abaixo o resultado final da prova.