quarta-feira, 6 de abril de 2011

Muitos vão se lembrar que nos últimos anos o espanhol Daniel Pedrosa, da Honda, sofreu várias quedas em provas e treinos da MotoGP e num deles, mais sério, levou o piloto a fraturar a clavícula e foi preciso uma intervenção cirúrgica e o implante de alguns parafusos e placas para voltar tudo ao "normal".

Porém, o piloto andou se queixando nas últimas semanas de desconforto, dor e falta de força no braço e depois de alguns exames os médicos descobriram que era devido a uma compressão da artéria subclaviana secundária. Então o piloto passou por nova cirurgia, desta vez para retirar os parafusos e a placa e desta forma a compressão foi aliviada.

A cirurgia foi feita no Teknon Medical Centro, em Barcelona pelo Dr. César García, um especialista no assunto. O piloto ficará em observação por 48 horas e na próxima semana será feita uma avaliação para ver se ele terá condições de participar da próxima corrida em Portugal, no dia primeiro de Maio.