quarta-feira, 29 de junho de 2011

O pique entre Marco Simoncelli  e Jorge Lorenzo começou nas pistas, chegou aos meios de comunicação, voltou para as pistas e mais uma vez o bate-boca volta aos meios.


Após a manobra de Marco Simoncelli, em Assen, que acabou em queda e que "levou com ele" a Jorge Lorenzo, o espanhol criticou novamente a atitude em pista do italiano:

"Ele (Simoncelli) não fez a ação para me derrubar. Mas parece que não pensa bem as coisas. Achei que tivesse aprendido das polêmicas que criou no passado mas vimos que não. Continua sendo inconsciente como sempre".


"Acredito que se não muda de atitude lesionará a mais pilotos no futuro." 


"Se eu estivesse na Comissão de Segurança lhe suspenderia a licença por várias corridas."

Simoncelli reconheceu o erro na ultrapassagem, em um momento em que os pneus ainda estavam um pouco frios e sem muita aderência.

Mas a proximidade com o seu GP de casa, em Mugello, na Itália, o fez "recapacitar" e esquentar os ânimos para o fim de semana.

Em um vídeo chat realizado pela Gazzeta dello Sport, Simoncelli reabriu a polêmica dizendo que não lhe interessam as criticas vindas do espanhol e que Lorenzo o "atacou em Estoril sem motivos" e que agora ele  teria "devolvido o trato".

Sobrou até para Dani Pedrosa. Se diz defraudado pelo comportamento do espanhol e por algumas de suas declarações à imprensa.

Em Mugello, os três voltarão a se encontrar pois Dani Pedrosa retorna as pistas.

0 comentários:

Postar um comentário