domingo, 14 de agosto de 2011

E o alemão Sandro Cortese, enfim, ganhou a primeira prova na 125cc depois de beliscar por diversas vezes. Depois de uma briga histórica pela primeira colocação com o Johann Zarco, ele conseguiu se sobressair e ficar com a vitória. Duríssima foi também a briga pela terceira colocação, num pelotão envolvendo várias motos e no fim Alberto Monvayo foi para o pódio.

Na largada Nicolas Terol sustentou a primeira colocação seguido de Hector Faubel e Johann Zarco. Mas ainda na primeira vola, Zarco conseguiu recuperar a segunda colocação e foi para cima do Terol na briga pela ponta. Na segunda volta, o francês conseguiu ultrapassar o espanhol e assumiu a liderança da prova. No início da terceira volta, no entanto, Terol recuperou a ponta. Já na briga pelo terceiro posto, Sandro Cortese superou o Hector Faubel. O alemão colou então nos dois líderes, formando um pelotão único e o Faubel acabou ficando um pouco para trás.

Na quarta volta, novamente o Johann Zarco pulou para liderança da prova, ao passar Terol por fora, mas como no início da prova, tomou o troco na volta seguinte. Mais atrás, o espanhol Maverik Viñales que largou na nona colocação, começou a dar show e com cinco voltas, já estava na quarta colocação, superando o Faubel. Mas na nona volta, Terol teve problemas com a moto e abandonou a corrida, deixando a liderança no colo do Zarco com o Cortese colado atrás.

Lá atrás a briga pela terceira colocação era de um pelotão de seis motos com Viñales, Faubel, Sérgio Gadea, Alberto Moncayo, Miguel Oliveira e Efren Vazquez. A diferença dos dois ponteiros para eles estava na casa de seis segundos na oitava volta. Na mesma volta, Faubel voltar a pular para a terceira colocação. Na volta 13, Vazquez que estava no pelotão acabou caindo e abandonou a prova. Na volta seguinte, além de Viñales superar o Faubel, o Gadea foi junto e o piloto da equipe Aspar caiu para quinta colocação.

Na volta seguinte, o Gadea tentou superar o companheiro de equipe, mas abriu demais na curva e caiu de quarto para sexto ao ser superado tanto pelo Faubel como também pelo Moncayo. Mas na volta 16 mudou tudo novamente e o Gadea voltou para terceiro, com o Faubel em quarto e o Viñales caiu para sétima colocação. Faltando duas voltas para o fim, lá na frente, Sandro Cortese pulou para a ponta. Na abertura da última volta, o Zarco voltou para a liderança, mas no meio da volta tomou o troco. Na penúltima curva o Zarco colocou do lado e eles entram na última curva quase encostando um no outro, mas a moto do francês deu uma balançada e a vitória ficou com o Cortese, a primeira dele na categoria.

Confira abaixo o resultado final da prova:

0 comentários:

Postar um comentário