domingo, 29 de abril de 2012

Casey Stoner venceu sua primeira corrida do ano, e em grande estilo no GP da Espanha, em uma pista onde nunca havia vencido. Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa lhe acompanharam no pódio.


A corrida começou com boa largada de Dani Pedrosa, tomando a liderança da corrida logo na primeira curva. O espanhol ameaçou escapar do pelotão que vinha logo atrás, mas não deu. Até o sétimo ou oitavo colocado, todos brigavam pelas primeiras posições.

Stoner, que largou desde a 5ª posição, na segunda fila, seguiu nesta posição nos primeiros instantes mas a briga por posições levou o australiano até a 3ª posição, logo atrás de Jorge Lorenzo, que perseguia Dani Pedrosa.

Na segunda volta, Stoner já era líder com Lorenzo na cola e Hayden em terceiro.

As diferenças entre os pilotos eram mínimas até que na volta 3 começaram a formar-se grupos. Lorenzo era o único capaz de seguir o ritmo de Stoner, enquanto Hayden e Dovizioso brigavam pelo 3º lugar. Pedrosa liderava o terceiro grupo, com Crutchlow e Bradley com ele.

O espanhol da Honda melhorou seu ritmo e chegou na briga pelo terceiro lugar, com Crutchlow sempre na perseguição.

Não foi até a sétima volta quando Pedrosa conseguiu superar a Ducati do "69" para assumir a posição.

Nesse momento, os 8 primeiros já estavam em uma corrida a parte da dos demais.

Stoner seguia liderando mas não conseguia abrir vantagem para Lorenzo, que volta a volta recuperava tempo com relação ao australiano.

Faltando 8 voltas para o final, Lorenzo chegou de vez em Stoner, mas apesar de ameaçar, nunca chegou a tentar a ultrapassagem sobre o australiano. Entre seguir arriscando e garantir a segunda posição, pensando no Campeonato, o espanhol preferiu a segunda opção.

Dani Pedrosa, que não conseguiu se livrar de Crutchlow em toda a prova, aguentou a posição até o final.

Assim terminou o GP da Espanha:

1. Casey Stoner    (AUS/Honda RC 213 V) 45:33.897 
.2. Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha YZR M 1) a 0.947
.3. Dani Pedrosa   (ESP/Honda RC 213 V) a 2.063
.4. Cal Crutchlow  (GBR/Yamaha YZR M 1) a 2.465
.5. Andrea Dovizioso (ITA/Yamaha YZR M 1) a 18.100
.6. Álvaro Bautista (ESP/Honda RC 213 V) a 21.395
.7. Stefan Bradl     (GER/Honda RC 213 V) a 28.637
.8. Nicky Hayden   (USA/Ducati Desmosedici) a 28.869
.9. Valentino Rossi (ITA/Ducati Desmosedici) a 34.852
10. Héctor Barberá (ESP/Ducati Desmosedici) a 35.103
11. Ben Spies        (USA/Yamaha YZR M 1) a 38.041
12. Aleix Espargaró (ESP/ART) a 1:12.728
13. Danilo Petrucci (ITA/IODA) a 1:18.669
14. Mattia Pasini  (ITA/ART) a 1:29.142
15. Iván Silva         (ESP/BQR) a 1:32.478




0 comentários:

Postar um comentário