terça-feira, 24 de julho de 2012

Ben Spies confirmou via email a una web americana superbikeplanet.com que deixará a equipe Yamaha ao final da temporada 2012.


O melhor "rookie" da temporada 2011 chegou à equipe sob grande expectativa mas não conseguiu repetir o desempenho montado na Yamaha YZR-M1, a mesma com que Jorge Lorenzo lidera o Mundial.

No email/comunicado, Spies explica que não fará nenhum comentário mais até que o comunicado oficial da equipe seja feito, mas que explicará mais sobre o tema quando sinta que é apropriado. Além disso, o americano comenta que já está conversando com seus patrocinadores e que estes seguirão lhe apoiando.

"(...) decidi deixar Yamaha por uma série de razoes. Explicarei mais quando sinta que é apropriado. estou cnversando com meus patrocinadores sobre minha situação e eles estão comigo. Existem algumas pessoas na Yamaha que eu odiarei deixar. E elas sabem quem são. Desejo o melhor para Yamaha. Não vou fazer nenhum tipo de comentário até que o comunicado oficial saia" - foram as palavras do americano no email divulgado.

Spies é, atualmente o 10º colocado no Mundial de Pilotos da Motogp com 66 pontos, 119 menos que seu companheiro de equipe.

Os rumores sobre uma possível saída de Spies já existia há várias corridas. Tudo parecia depender de seu desempenho, que não foi a mais. Falando de rumores, para seu lugar surgem nomes como o de Dovizioso, Crutchlow e o mais surpreendente, o de Valentino Rossi.

0 comentários:

Postar um comentário