quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013


Neste próximo final de semana, em Phillip Island na Austrália, começará a temporada 2013 do Mundial de Superbike. E como vem acontecendo nos últimos anos, uma semana antes da primeira corrida, a organização do mundial promove sessões de treinos livres, para que as equipes e os pilotos possam fazer os últimos ajustes antes da batalha começar para valer.

Foram dois dias de testes, segunda e terça-feira, com sessões pela manhã e tarde. No acumulado, o mais rápido foi o espanhol Carlos Checa (Ducati) com 1m31,059s, conquistado na última sessão desta terça. Ele ficou 0,178 segundos a frente do italiano Marco Melandri (BMW), que conquistou a melhor marca na mesma sessão. Checa comentou que sempre teve um bom retrospecto em Phillip Island e que a equipe possui boas referências, o que facilita um pouco o trabalho.

O inglês Leon Camier (Suzuki) apareceu logo em seguida, com a terceira melhor marca, no entanto registrada na segunda-feira. O também inglês Tom Sykes (Kawasaki) e o italiano Michel Fabrizio (Aprilia) fecharam o TOP 5. Com a saída do italiano Max Biaggi da categoria, as portas estão abertas a todos para se tornarem o novo campeão da categoria.

Supersport

Coube ao inglês Sam Lowes (Yamaha) ser o mais rápido na categoria suporte, com a marca de 1m33,076s. "Lideramos todas as sessões e eu acho que ainda não conseguimos chegar ao limite da moto", disse o piloto. O turco Kenan Sofuoglu (Kawasaki) e francês Fabien Foret (Kawazaki) fecharam o TOP 3 da Supersport.

0 comentários:

Postar um comentário