sábado, 29 de junho de 2013


A etapa da Holanda da Moto2 ficou polarizada em cima de dois pilotos: Pol Espargaró e Scott Redding. No início alguns outros pilotos tentaram se manter na briga pela vitória, mas da metade para frente apenas os dois sobreviveram. A briga e a alternância de posições entre eles foi intensa e com uma ultrapassagem na abertura da última volta, Espargaró ficou com a vitória.

Ainda na volta de apresentação, Toni Elias acabou caindo e já prejudicou toda a prova dele. Outra que estava fora era Takaaki Nakagami que caiu no warm-up pela manhã e quebrou a clavícula. Na largada, Pol Espargaró manteve a primeira colocação, mas já na terceira curva foi superado por Scott Redding, no entanto, na última curva o espanhol deu o troco e retomou a liderança. A briga seguiu e na abertura da segunda volta, lá estava o Redding novamente na ponta.

Atrás deles, quem se destacava era Dominique Aegerter, que largou na décima colocação, chegou rápido ao quinto posto, passou por Esteve Rabat e Xavier Simeon e pulou para terceiro. Na sétima volta, ele chegou no Espargaró e os dois partiram para cima do Redding e Aegerter se deu melhor e pulou para a liderança da corrida com o Redding em segundo e o Espargaró em terceiro. Mas não demorou muito para Espargaró passar os dois e retomar a liderança da corrida.

Espargaró e Redding acabaram se desgarrando na frente e polarizaram a briga pela vitória e Aegerter ficou com Rabat na disputa pela última posição do pódio. Faltando oito voltas para o fim, Rabat conseguiu a ultrapassagem para pegar o terceiro posto. Há cinco voltas para o fim, Redding passou Espargaró pela primeira posição. Na abertura da última volta, Espargaró deu o troco. Redding tentou dar o troco, mas o espanhol cruzou a linha de chegada na primeira colocação e garantiu a vitória.

Confira abaixo o resultado final da corrida:



Um comentário:

  1. Eu adoro moto velocidade. Fico todo arrepiado quando vejo uma corrida!!!
    http://valdeirvieira.com/empreendimentos/

    ResponderExcluir