domingo, 16 de junho de 2013

Com pouca emoção, a prova Catalã de Moto2 teve dobradinha no pódio. Os dois pilotos da Tuenti garantiram a primeira e segunda posições, com Pol Espargaro e Esteve Rabat, respectivamente. Thomas Luthi, que não ameaçou os espanhóis, ficou na terceira colocação.


Na largada, Pol Espargaro manteve a ponta, com Esteve Rabat na sua cola. Scott Redding que largou na segunda posição, perdeu três e foi parar na quinta. Na primeira volta, uma sucessão de quedas na pista, entre elas, Toni Elias que caiu logo na primeira curva, com direito à moto sair quicando na pista.

Ainda na primeira volta, Redding retomou a terceira posição, logo a frente de Takaaki Nakagami, com a quarta. Entre os dois ponteiros, Rabat não deixava Espargaró escapar.

Quatro voltas depois, Rabat começou a atacar seu companheiro de equipe, pela primeira posição. Thomas Luthi foi mais rápido que Nakagami e Redding, assim tomou a terceira colocação. 

Alex De Angelis vinha atrás, acompanhando meio de longe estas ultrapassagem, contudo caiu e voltou à pista com a moto toda avariada (sem bolha, com a rabeta quebrada, moto riscada), no fim do grid. Depois de uma volta, recolheu aos boxes. Outro que deu por encerrada sua corrida antes da metade dela foi Sandro Cortese, também com problemas na moto.

Faltando dez voltas para o fim, Rabat passou Espargaro com facilidade. Luthi, na terceira posição, estava a quase dois segundos dos ponteiros, sem ameaçá-los. Três voltas depois, Rabat errou e seu companheiro de equipe deu o bote pela primeira colocação. Assim seguiram até a última volta.

Nela, Rabat resolveu tirar satisfação e tentar pegar a primeira posição do pódio. Vieram quase tocando roda, mas nas últimas curvas, Pol Espargaro acelerou tudo o que sua moto podia e garantiu a vitória. Luthi ficou com o terceiro lugar.

Veja o resultado parcial da prova:



0 comentários:

Postar um comentário