quinta-feira, 25 de setembro de 2014



O japonês Ryuichi Kiyonari deve ter ficado frustrado após a última etapa da Superbike Inglesa em Assen. Se somar os tempos em que ele perdeu a primeira e a segunda corrida da 336 milésimos. Na primeira ele passou por Josh Waters na última volta, mas levou o troco logo em seguida e cruzaram quase lado a lado a linha de chegada. Na segunda o duelo foi contra Shane Byrne, que deu o bote em Kiyonari na última volta para vencer.

Corrida 1

Na largada Dan Linfoot partiu melhor e pulou da quinta para a primeira colocação, mas foi superado por Christian Iddon e Shane Byrne ainda na primeira volta. Logo Byrne passou por Iddon para liderar. Josh Brookes caiu no primeiro giro e teve que abandonar depois com uma bandeira preta. Kevin Valk foi outro que caiu no início da corrida. Na terceira volta Linfoot passou Iddon e assumiu a vice-liderança.

Josh Waters começou a crescer na prova e da sexta colocação no começou, pulou para terceiro no sexto giro. Na mesma volta, no pelotão traseiro, Patric Muff caiu e abandonou. Na volta nove a chuva aumentou a intensidade, deixando a vida dos pilotos ainda mais difícil. Linfoot levou a pior e perdeu várias posições. Josh Waters e Filip Backlund começaram a se destacar na prova.

Waters passou por Byrne na volta 11 e assumiu a liderança da corrida. E Backlund acabou jogando a boa prova no lixo caindo na 12. Com quatro voltas para o fim, com problemas na moto, John Hopkins abandonou. Com três foi a vez de Shane Byrne, líder do campeonato, cair. Na última volta, Ryuichi Kiyonari passou Waters pela ponta, mas levou o troco em seguida. Waters venceu com apenas 184 milésimos de vantagem.

Corrida 2

John Hopkins partiu melhor e assumiu a liderança da segunda corrida na largada seguido de Ryuichi Kiyonari. Um acidente múltiplo na primeira volta acabou envolvendo Chris Walker, Peter Hickman e Patrick Muff. Ainda na primeira volta Kiyonari deixou Hopkins para trás e assumiu a liderança da corrida. Shane Byrne, que estava logo atrás, foi junto e Hopkins caiu para terceiro.

Christian Iddon, que fez uma bela primeira corrida, caiu na quinta volta da segunda e abandonou. Jon Kirkham, que largou da pole, caiu no oitavo giro. Lá na frente, na briga pela vitória, Kiyonari estava com Byrne, Tommy Bridewell e Dan Linfoot colados nele faltando quatro voltas para o fim. Faltando duas curvas para o fim da corrida, Byrne deu o bote certeiro em Kiyonari e venceu a corrida por apenas 152 milésimos.

0 comentários:

Postar um comentário