segunda-feira, 6 de outubro de 2014



O Mundial de Superbike vai chegando ao fim e a briga pelo título ficou polarizada entre Tom Sykes da Kawasaki e Sylvain Guintoli da Aprilia. E só deu as motos italianas em Magny-Cours e eles decidiram fazer jogo de equipe. Na primeira prova Melandri engoliu e deixou Guintoli vencer. Na segunda, no entanto, o italiano se recusou a deixar o companheiro vencer. A Kawasaki também fez jogo na primeira e Loris Baz deixou Sykes passar por ele e terminar em quarto.

Corrida 1

Jonathan Rea tomou a primeira colocação de Tom Sykes na largada, que caiu para segundo. Na segunda volta foi a vez de Sylvain Guintoli deixar Sykes para trás e assumiu a vice-liderança. Chaz Davies, que estava em quarto, caiu sozinho no segundo giro e deu adeus a corrida. Na briga lá na frente, Guintoli buscou Rea e fez a ultrapassagem na terceira volta, assumindo a ponta.

Sykes cometeu um erro na volta cinco, quando era pressionado por Davide Giugliano, furou a curva, mas voltou em quarto. Na mesma volta, Giugliano também caiu e voltou bem atrás. A situação da pista não estava boa e na volta seis foi a vez de Xavi Fores cair. Na pista, Marco Melandri passou por Sykes e Rea e chegou ao segundo posto.

Na parte final da corrida Melandri colou em Guintoli e os dois começaram a brigar pela liderança, assim como fizeram na última etapa. Na volta 16 ele conseguiu a ultrapassagem. A equipe então mostrou placas para Melandri que deixou Guintoli, que está na briga pelo campeonato, passar. Com isto, Guintoli venceu com Melandri em segundo. Loris Baz também cedeu a posição para Sykes que terminou em quarto.

Corrida 2

Na largada Jonathan Rea assumiu novamente a liderança seguido de Davide Giugliano e Tom Sykes. Ainda no primeiro giro Giugliano passo Rea e assumiu a ponta. Atrás deles, Marco Melandri superou Sykes e pulou par terceiro. Na segunda volta Sylvain Guintoli também deixou Sykes para trás e o piloto da Kawasaki caiu para quinto.

Na terceira volta Giugliano, que liderava, caiu e abandonou. Rea voltou para a ponta da prova. No sétimo giro, novamente Melandri facilitou para Guintoli que chegou a segunda colocação. Na 11 foi a vez de Rea, que liderava, também cair e com isto Guintoli passou a ser o novo primeiro colocado da etapa.

Melandri passou por Guintoli na 13, para contrariar a equipe. Com duas voltas para o fim, Leon Haslam deixou Sykes para trás e assumiu a terceira colocação. Ao contrário que se esperava, Melandri não abriu na segunda volta e venceu. Guintoli cruzou em segundo, Haslam em terceiro e Sykes na quarta colocação.

0 comentários:

Postar um comentário