terça-feira, 17 de fevereiro de 2015


A temporada 2015 do AMA Supercross e está a toda e no último final de semana Arlington, no Texas, foi palco da sétima etapa do campeonato. Ryan Dungey, que havia vencido a primeira dele duas semanas atrás, em Anaheim III, venceu novamente e disparou no campeonato. Ele se igualou as duas vitórias de Ken Roczen (Anaheim I e Anaheim II) e de Trey Canard (Oakland e San Diego).

A história da etapa de Arlington começou com a disputa da "HEAT1", onde os quatro primeiros pilotos para a corrida principal foram definidos. O "holeshot" ficou com Eli Tomac e atrás dele a briga pegava fogo pelo segundo posto. David Millsaps e Ryan Dungey deixaram Phillip Nicoletti para trás e pularam para segundo e terceiro. Mas um acidente com Sean Hackley provocou a bandeira vermelha e novo procedimento de largada foi dado. Dungey ficou com o "holeshot" e venceu com tranquilidade. Tomac, Millsaps e Jacob Weimer foram os outros classificados.

Na "HEAT2", Trey Canard ficou com o "holeshot" e partiu para a vitória de ponta a ponta com Weston Peick em segundo. A briga esquentou nas posições subsequentes. Mike Alessi parecia tranquilo na terceira colocação e o bicho pegava entre Cole Seely, Blake Baggett e Ken Roczen. Seely superou Baggett pelo quarto posto na penúltima volta, mas levou o troco e ainda foi superado por Roczen, que numa última volta extraordinária, conseguiu passar não só Baggett como também buscou Seely e terminou em terceiro com Seely em quarto.

Para os não classificados, ainda tinha as duas semifinais para tentarem uma vaga. Na "SEMI1", Nicholas Schmidt ficou com o "holeshot", mas ele foi engolido por Jimmy Albertson, Cole Seely e Chad Reed. Seely, no entanto, acabou caindo durante uma disputa com Reed e saiu da zona de classificação. No fim, os classificados foram Reed, Schmidt, Jason Anderson, Albertson e Tony Archer.

Na "SEMI2", mais cinco vagas para a corrida principal em jogo. Andrew Short marcou o "holeshot" e não saiu mais da liderança, vencendo de ponta a ponta. Foi uma corrida mais morna, sem grandes disputas. Blake Baggett e Phillip Nicoletti terminaram em segundo e terceiro, respectivamente. Kyle Partridge estava em quarto e Kyle Chisholm em quinto, mas foram superados no fim por Joshua Grant e Joshua Grant, que ficaram com as duas últimas vagas da disputa.

Mas, ainda tinha a repescagem e com ela, as quatro últimas vagas para fechar os 22 pilotos para a corrida principal. Cole Seely ficou com o "holeshot" e ao contrário da primeira semifinal, não desperdiçou a chance. Acelerou forte e venceu de ponta a ponta. Kyle Partridge se classificou em segundo e Joshua Hill em terceiro. A disputa pela última vaga foi emocionando. Kyle Chisholm estava com a posição, mas Nicholas Wey dividiu uma curva contra ele e o colocou no chão. Com isto, Wey se classificou!

Na corrida principal, Dungey começou logo mostrando as cartas! Marcou o "holeshot" e foi se embora. Chad Reed, que estava em sétimo, acabou tocado por Eli Tomac na segunda volta e caiu, perdendo várias posições. Enquanto Dungey ia embora, Blake Baggett que estava em terceiro foi superado por Ken Roczen e Trey Canard. Tomac e Cole Seely foram outros dois que caíram na pista e despencaram na tabela.

Roczen e Canard chegaram então em David Millsaps para brigarem pelo segundo posto. Na sexta volta Roczen conseguiu a ultrapassagem. Canard tentou ir junto e Millsaps não aguentou a pressão. Cometeu um erro, caiu e teve que abandonar a prova, pois sentia dores no braço. Daí para frente os três primeiros se mantiveram os mesmos até a bandeirada e Dungey confirmou a vitória com 3,708 segundos de vantagem para Roczen e 12,993 para Canard.

Agora na tabela de classificação Dungey saltou para 152 pontos e abriu 12 de vantagem para Ken Roczen, 23 para Trey Canard e 38 para Eli Tomac. Roczen comentou sobre a prova depois da bandeirada, disse que não estava preocupado em conquistar o "holeshot", mas quando viu o espaço a frente dele, colocou a moto e depois controlou a primeira volta. "Acelerei forte do início ao fim para conquistar a vitória".

Confira abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário