segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015


Depois de Ken Roczen levar duas e Eli Tomac e Trey Canard uma cada um, foi a vez de Ryan Dungey colocar o nome dele no hall dos vencedores do ano. E foi com certa facilidade. Ele superou Blake Baggett, que marcou o holeshot, na primeira volta e foi se embora rumo a vitória. A briga ficou pelas outras posições do pódio e só foi decidida mesmo na última volta das 20 da corrida.

Mas antes de falar propriamente da corrida principal, vamos contar como tudo se desenhou. Na HEAT 1, onde foram conhecidos os primeiros quatro nomes para a prova final, Eli Tomac dominou. Marcou o holeshot e não foi mais incomodado. Blake Baggett estava em segundo, mas foi superado por Chad Reed na segunda volta, e terminaram assim. Justin Barcia ficou com a quarta vaga depois de passar Vince Friese nas voltas finais.

Na HEAT 2 a briga foi mais dura, até pelos nomes que caíram nela. Mike Alessi ficou com o holeshot, mas não aguentou por muito tempo na ponta. Na terceira volta ele foi superado tanto por Ryan Dungey quanto por Ken Roczen. No giro seguinte foi a vez de Trey Canard passar Alessi. Daí para frente não houve mais mudanças e os quatro se classificaram para a corrida principal.

A SEMI 1 foi marcado por um acidente meio assustador na primeira volta, mas que não teve nenhuma consequência mais séria. Adam Mone enroscou a perna na moto de Aj Catanzaro e os dois acabaram caindo. Na pista, Jacob Weimer ficou com o holeshot, mas foi logo superado por Joshua Grant que partiu para a vitória. Phillip Nicoletti, Nicholas Schmidt e Brett Metcalfe também passaram por Weimer, mas os quatro conseguiram a classificação.

Na SEMI 2 David Millsaps dominou do início ao fim, marcando o holeshot e vencendo com tranquilidade. Já Cole Seely não começou tão bem, mas se recuperou rapidamente. Passou tanto Vince Friese quanto Ben Lamay para chegar a segunda colocação. Lamay ainda conseguiu se manter no grupo dos classificados, mas Friese despencou. Perdeu a vaga para Joshua Hill e Jason Anderson.

E o grupo dos desesperados foram para a repescagem, brigar pelas últimas quatro vagas na corrida principal. Vince Friese ficou com o holeshot, mas já na primeira volta foi superado por Andrew Short que venceu a prova. No giro seguinte foi a vez de Jimmy Albertson superar Friese para terminar em segundo. Mas ao contrário da SEMI 2, onde Friese foi despencando, ele conseguiu manter o terceiro posto e se classificou. A última vaga foi para Kyle Chisholm.

Voltando agora a corrida principal, após passar Baggett pela liderança na segunda volta, Dungey foi embora e não foi mais incomodado pelos rivais. Cole Seely foi junto e pulou para segundo e no giro seguinte foi a vez de Trey Canard. No meio da prova foi a vez de Ken Roczen passar Baggett. Na volta 11 Canard entrou mais forte numa curva e caiu, perdendo duas posições.

No fim, Seely, Roczen e Tomac começaram uma batalha pelo pódio. Seely conseguiu manter a segunda posição, mas Tomac superou Roczen e ficou com o terceiro posto. Com os resultados, Dungey pulou para a liderança do campeonato com 107 pontos seguido de Ken Roczen com 96, Eli Tomac e Trey Canard com 84 e Jason Anderson com 74. A categoria já volta ação na semana que vem em San Diego.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário