sábado, 30 de janeiro de 2016



Os pilotos do AMA Supercross retornaram a Anaheim no último final de semana para a terceira etapa da temporada. E o atual campeão Ryan Dungey, que havia vencido a segunda corrida em San Diego, voltou a vencer e desta forma disparou no campeonato. O piloto da KTM foi aos 72 pontos contra 59 de Chad Reed (Yamaha). Mas seguindo nosso protocolo, vamos a história completa do final de semana.

A "Heat 1" começou com David Millsaps (KTM) na ponta depois de uma largada conturbada. Alguns pilotos ficaram pelo chão com destaque para Trey Canard (Honda). Jacob Weimer (Kawasaki) conseguiu superar Millsaps ainda na primeira volta, mas o piloto da KTM continuou no ataque e retomou a ponta. Weimer ainda perdeu mais duas posições, para Chad Reed (Yamaha) e Cole Seely (Honda), mas conseguiu a vaga ao terminar na quarta colocação.

Já na "Heat 2" Ken Roczen (Suzuki) ficou com o "holeshot", mas foi engolido por Ryan Dungey (KTM) ainda no primeiro giro. Os dois dispararam na frente acompanhados de Eli Tomac (Kawasaki), o terceiro colocado. Briga mesmo só pela última vaga, a quarta colocação. Weston Peick (Yamaha), que voltava de uma punição, ocupava a posição, mas foi superado por Justin Brayton no fim e perdeu a classificação.

Na "Semi 1" o rookie Marvin Musquin (KTM) cruzou a linha do "holeshot" na frente, mas também foi superado na primeira volta. Jason Anderson (Husqvarna), vencedor da primeira prova em Anaheim, o deixou para trás e partiu rumo a vitória. Atrás deles estavam Mike Alessi (Honda) e Nicholas Schmidt (Suzuki) que também conquistaram a vaga. A última foi mais disputada e ficou com Vince Friese (Honda) que superou Cade Clason (Honda) na última volta.

Na "Semi 2" foi a vez de Weston Peick (Yamaha) brilhar. Marcou o "holeshot", foi superado por Phillip Nicoletti (Yamaha) no primeiro giro, mas recuperou a ponta e disparou e venceu com 4,618 segundos. Outro piloto que se destacou foi Trey Canard, que completou a primeira volta em sexto e foi passando os rivais um a uma até chegar ao segundo posto. Nicoletti foi o terceiro e as duas outras vagas ficaram com Thomas Hahn (Yamaha) e Christophe Pourcel (Husqvarna).

Na repescagem (LCQ) Jeff Alessi (Suzuki) começou na frente, mas no segundo giro perdeu a posição para William Hahn (Kawasaki). Na última volta Alessi perdeu mais uma posição, para Lawson Bopping (Yamaha), mas conseguiu terminar em terceiro e garantiu a vaga na corrida principal. O último sortudo a garantir presença foi Dakota Tedder (Kawasaki).

David Millsaps (KTM) marcou o "holeshot" também na corrida principal e por lá ficou até a quinta volta. Daí Ryan Dungey chegou nele e ficou difícil para Millsaps segurar. Ele até conseguiu dar o troco na primeira vez que foi ultrapassado, mas na segunda Dungey foi embora. Millsaps foi então engolido pelos rivais. Perdeu a posição para Chad Reed, Eli Tomac, Ken Roczen e Jason Anderson na sequência.

Reed não deixava Dungey escapar, mas também não conseguia atacá-lo. Atrás deles, no entanto, a briga pelo terceiro posto pegou fogo no fim. Tomac ocupava a posição, mas começou a ser pressionado por Roczen. Na última volta o piloto da Suzuki conseguiu a ultrapassagem e Tomac tentou dar o troco, mas escorregou, caiu e perdeu contado com o rival. Mas a diferença para Anderson era grande e ele sustentou o quarto posto.

Confira abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário