terça-feira, 5 de abril de 2016


A segunda etapa da MotoGP em 2016 na Argentina foi eletrizante. Pena que problemas com a fornecedora de pneus tirou um pouco desta emoção. Marc Marquez, que largou da pole, foi o grande vencedor da corrida, mas não teve vida fácil. Teve que brigar duro contra as Yamahas e as Ducatis, mas depois da troca de moto obrigatória no meio da corrida, devido ao risco de explosão do pneu, o espanhol da Honda conseguiu abrir para os rivais e venceu com certa tranquilidade.

O início da corrida foi frenético. Foram duas primeiras voltas de tirarem o fôlego. Jorge Lorenzo pulou para a ponta logo de cara, mas inexplicavelmente perdeu o ritmo e caiu para a sexta colocação. Dani Pedrosa, que largava relativamente bem, foi atrapalhado por Andrea Iannone e despencou para o fim do pelotão, pois teve que tirar a mão para evitar o acidente. Aliás, no mesmo lance, Iannone acertou a traseira de Marquez que por muita sorte não caiu.

Depois que Lorenzo saiu da liderança, Andrea Dovizioso passou a ocupar a posição seguido de Valentino Rossi, Marquez e Iannone. Jack Miller fazia uma corrida fantástica e na terceira volta passou Lorenzo para sexta colocação. No entanto o australiano caiu no giro seguinte com a Estrella Galicia 0,0 Marc VDS e deu adeus a disputa. Duas voltas depois foi a vez de Lorenzo ir ao chão com a Movistar Yamaha MotoGP.

As quedas não pararam por aí e na sexta volta foram Cal Crutchlow (LCR Honda) e Aleix Espargaro (Team SUZUKI ECSTAR) que caíram na mesma curva, mas em eventos separados. Lá na frente Rossi e Marquez superaram Dovizioso e assumiram a ponta. As duas Ducatis começaram a brigar então pelo terceiro posto. Iannone passou Dovizioso na volta seis, mas levou o troco logo em seguida. Maverik Viñales chegou na briga e passou os dois na mesma volta.

Na volta nove foram os dois ponteiros que começaram a brigar. Rossi passou Marquez que deu o troco, que foi ultrapasso novamente e que mais uma vez, recuperou a posição. Daí abriu-se a janela de parada nos pits e lá foram os dois juntos. Mas a segunda moto de Marquez parecia render bem mais que a de Rossi e o espanhol abriu uma boa vantagem na segunda parte e a briga pela vitória acabou.

O desempenho do italiano estava tão abaixo, que Viñales, Iannone e Dovizioso buscaram ele na briga pela segunda colocação. As duas Ducatis inclusive, o deixaram para trás. Para sorte do "Doutor", Viñales acabou caindo com a Suzuki. No último giro, no entanto, Iannone resolveu partir para o tudo ou nada para cima de Dovizioso e deu nada. Ele perdeu a moto, e além de cair, levou junto o companheiro de equipe ao chão, tirando a Ducati do pódio.

Marquez venceu com tranquilidade, Rossi que estava logo atrás abocanhou a segunda colocação e Dani Pedrosa, numa bela prova de recuperação após o incidente na largada, terminou em terceiro. Com o resultado da corrida, Marquez assumiu a liderança do campeonato com 41 pontos seguido de Valentino Rossi com 33, Pedrosa com 27 e Jorge Lorenzo com 25. A próxima etapa da MotoGP será no dia 10 de abril em Austin, no Texas.

Confira abaixo o resultado da corrida:

1
93Marc MARQUEZSPA
Honda168.434'13.628
2
46Valentino ROSSIITA
Yamaha167.8+7.679
3
26Dani PEDROSASPA
Honda166.2+28.100
4
50Eugene LAVERTYIRL
Ducati165.5+36.542
5
8Hector BARBERASPA
Ducati165.5+36.711
6
44Pol ESPARGAROSPA
Yamaha165.4+37.245
7
6Stefan BRADLGER
Aprilia165.1+41.353
8
38Bradley SMITHGBR
Yamaha164.4+50.709
9
53Tito RABATSPA
Honda164.4+50.983
10
19Alvaro BAUTISTASPA
Aprilia163.6+1'01.388
11
41Aleix ESPARGAROSPA
Suzuki163.0+1'08.868
12
51Michele PIRROITA
Ducati162.2+1'18.987
13
4Andrea DOVIZIOSOITA
Ducati161.1+1'33.419
Not Classified


29Andrea IANNONEITA
Ducati167.81 Lap


35Cal CRUTCHLOWGBR
Honda164.21 Lap


25Maverick VIÑALESSPA
Suzuki167.53 Laps


45Scott REDDINGGBR
Ducati165.25 Laps


76Loris BAZFRA
Ducati161.78 Laps


99Jorge LORENZOSPA
Yamaha167.915 Laps


43Jack MILLERAUS
Honda166.817 Laps


68Yonny HERNANDEZCOL
Ducati164.118 Laps

0 comentários:

Postar um comentário