segunda-feira, 11 de abril de 2016



Chegou ao fim a excursão da MotoGP pelo mundo (pelo menos neste início de campeonato) e depois de passar por Qatar, Argentina e Estados Unidos, a categoria está de malas prontas para a Europa, onde concentra-se a maioria das etapas. Saldo positivo para a Honda e para Marc Marquez. O espanhol conquistou três pódios, sendo duas vitórias e saiu na liderança do campeonato. De quebra viu os dois maiores rivais caindo cada um em uma corrida.

O início da prova em Austin foi alucinante e parecia que teríamos uma prova disputada. Da partida do grid até a primeira curva Jorge Lorenzo pulou na ponta, mas o piloto espalhou na curva e foi superado tanto por Marquez quanto por Valentino Rossi. Nas curvas seguintes o espanhol da Yamaha conseguiu passar pelo companheiro de equipe e voltou para segundo. No giro seguinte Lorenzo mais uma vez passou Marquez, mas de novo passou dos limites na primeira curva.

Começou-se então um festival de quedas. Primeiro foi Loris Baz, na volta dois. No giro seguinte Valentino Rossi caiu sozinho na curva. O italiano até tentou voltar, mas a moto não tinha mais condições. Na sete Dani Pedrosa, que fez um belo início de corrida, também foi ao chão e levou junto Andrea Dovizioso. Logo na sequência caíram Cal Crutchlow e Bradley Smith. Com tantos pilotos fora de combate (alguns conseguiram voltar lá atrás) a prova perdeu em emoção.

Marquez corrida tranquilo em primeiro, Lorenzo estava sozinho em segundo e Andrea Iannone estava com tudo tranquilo e favorável para subir ao pódio. Por sorte as Suzuki se encontraram pelo caminho no fim e tivemos uma disputa para animar o fim da etapa. Maverick Viñales, que não largou bem, se recuperou e foi para cima de Aleix Espargaró para brigar pela quarta colocação. Depois de algumas tentativas, conseguiu a ultrapassagem.

Com o resultado Marc Marquez foi aos 66 pontos no campeonato contra apenas 45 de Jorge Lorenzo, que caiu na Argentina e não marcou pontos, e 33 de Valentino Rossi, que passou zerado nos Estados Unidos. Pol Espargaró, da equipe satélite da Yamaha, ocupa uma surpreendente quarta colocação com 28 pontos, já que os pilotos da Ducati marcaram pontos apenas em uma etapa cada um deles e Pedrosa também não anda tão bem.

Confira abaixo o resultado final da corrida:

1
93Marc MARQUEZSPA
Honda157.943'57.945
2
99Jorge LORENZOSPA
Yamaha157.6+6.107
3
29Andrea IANNONEITA
Ducati157.3+10.947
4
25Maverick VIÑALESSPA
Suzuki156.8+18.422
5
41Aleix ESPARGAROSPA
Suzuki156.7+20.711
6
45Scott REDDINGGBR
Ducati156.2+28.961
7
44Pol ESPARGAROSPA
Yamaha156.0+32.112
8
51Michele PIRROITA
Ducati156.0+32.757
9
8Hector BARBERASPA
Ducati155.9+34.592
10
6Stefan BRADLGER
Aprilia155.6+40.211
11
19Alvaro BAUTISTASPA
Aprilia155.3+45.423
12
50Eugene LAVERTYIRL
Ducati155.2+47.127
13
53Tito RABATSPA
Honda155.2+47.426
14
68Yonny HERNANDEZCOL
Ducati154.9+51.190
15
76Loris BAZFRA
Ducati153.7+1'12.929
16
35Cal CRUTCHLOWGBR
Honda153.3+1'19.252
17
38Bradley SMITHGBR
Yamaha152.8+1'28.036
Not Classified


26Dani PEDROSASPA
Honda148.010 Laps


4Andrea DOVIZIOSOITA
Ducati157.815 Laps


46Valentino ROSSIITA
Yamaha156.219 Laps

0 comentários:

Postar um comentário