domingo, 10 de julho de 2016


Os pilotos do Mundial de Superbike desembarcaram neste último final de semana em Laguna Seca, nos Estados Unidos, para a nona etapa da temporada. E mais uma vez a Kawasaki dominou o rodada. No sábado foi dobradinha com Jonathan Rea em primeiro e Tom Sykes em segundo. Já no domingo Rea abandonou depois de 17 pódios consecutivos na temporada. Mas Sykes representou a montadora japonesa com uma vitória. Segue abaixo um relato das duas corridas:

Corrida 1

Na largada Jonathan Rea tracionou melhor, passou Tom Sykes, mas levou o troco logo em seguida. Chaz Davies que vinha atrás aproveitou e também passou por Rea. Na terceira volta Davies passou por Sykes e Rea foi junto, mas o inglês da Ducati caiu e deixou o caminho livre para as Kawazaki. Na 13 foi a vez da outra Ducati, de Davide Giugliano ir ao chão e abandonar. Ele estava na terceira colocação e com isto Nicky Hayden assumiu a posição.

Na 16 Sykes conseguiu passar Rea depois que ele errou no saca-rolha e recuperou a liderança da corrida. Rea não largou o "osso" e na 19 passou mais uma vez o rival e pulou para primeira colocação. A briga pela terceira colocação também pegava fogo com Alex Lowes e Michael Van der Mark pressionando Hayden. No fim Rea confirmou a vitória seguido de Sykes e Hayden. Van der Mark ainda passou Lowes no fim pra ficar com a quarta colocação.  

Corrida 2

Na largada Tom Sykes manteve a ponta seguido de Davide Giugliano e Jonathan Rea caiu para terceiro. Michael Van de Mark escapou no início da segunda volta, foi na brita e caiu. Ainda na segunda volta Leon Camier parou com problemas na moto e abandonou. Mudança na liderança da corrida na terceira volta com Giugliano deixando Sykes para trás.

Na volta cinco a bandeira vermelha foi acionada devido a queda de Paweł Szkopek que necessitou atendimento médico. Na segunda largada Jonathan Rea largou melhor, mas foi superado na primeira curva por Giugliano, Sykes e Nicky Hayden. No segundo giro, no entanto, Rea conseguiu dar o troco em Hayden e recuperou a terceira colocação.

No terceiro giro foi a vez de Lorenzo Savadori cair e dar adeus a disputa. Na quatro Rea, numa manobra só no saca-rolha, passou por Sykes e Giugliano. Sykes, no entanto, conseguiu dar o troco no primeiro momento, mas no complemento da volta Rea retornou a liderança. Mas ele escapou da pista e despencou para a 10ª colocação. No giro seguinte ele teve que abandonar com problemas na moto.

Com quatro voltas para o fim Chaz Davies chegou em Giugliano e os dois começaram a duelar pela segunda colocação. O inglês passou o italiano até com certa tranquilidade. Giugliano, no entanto, conseguiu dar o troco e começou a atacar Sykes pela vitória. Os dois cruzaram a linha separados apenas por 209    milésimos com Sykes em primeiro e Giugliano em segundo.

Confira abaixo como ficou a classificação do campeonato:

1 United KingdomRea Kawasaki 368
2 United KingdomSykes Kawasaki 297
3 United Kingdom Davies Ducati 244
4 Netherlandsvan der Mark Honda 176
5 ItalyGiugliano Ducati 165
6 United States Hayden Honda 162
7 SpainTorres BMW 145
8 United KingdomCamier
MV Agusta
110
9 ItalySavadori Aprilia 110
10 United Kingdom Lowes Yamaha 92

0 comentários:

Postar um comentário