domingo, 15 de janeiro de 2017

Ken Roczen (Honda) começou com tudo a temporada 2017 do AMA Supercross. O piloto da Flórida, que já havia vencido na abertura do campeonato na semana passada em Anaheim, repetiu o feito neste sábado em San Diego. Mas ao contrário da primeira etapa em que ele passeou sem ser importunado pelos rivais, desta vez o atual campeão Ryan Dungey (KTM) deu uma canseira nele.

A briga entre os dois, aliás, começou já nas classificatórias. Eles estavam juntos na "Heat2" e fizeram um dois com Roczen em primeiro e Dungey em segundo. Na corrida principal, no entanto, Dungey fez o "holeshot" e começou na ponta. Roczen tentou resolver a parada na primeira volta, foi pra cima do rival da KTM, mas os dois se tocaram e o atual campeão permaneceu na frente.

O piloto da Honda segurou então o ritmo e próximo a metade da corrida deu o bote certeiro para cima de Dungey. Os dois seguiram andando juntos e nos momentos finais Dungey tentou dar o troco. Chegou a colocar a moto lado a lado, mas errou num obstáculos e deixou a vida fácil para Roczen que partiu para a segunda vitória. Marvin Musquin (KTM) completou o pódio na terceira colocação.

Destaque na briga pela quarta colocação. Cole Seely (Honda), Eli Tomac (Kawazaki) e Jason Anderson (Husqvarna) se pegaram por vários giros seguidos. Com 11 minutos de corrida Seely não aguantou mais o ritmo e foi superado pelos dois rivais, caindo para sexto. Anderson foi então para cima de Tomac e os dois acabaram se tocando. Anderson ficou com a posição e Tomac acabou perdendo a posição para Seely.

No próximo sábado (21) os pilotos retornam em Anaheim para a terceira etapa da temporada. Segue abaixo o resultado final de San Diego.



0 comentários:

Postar um comentário