quinta-feira, 16 de março de 2017


Eli Tomac segue na caminhada em busca de Ryan Dungey. O piloto da Kawasaki venceu a quinta prova dele na temporada e agora está 17 pontos atrás de Ryan Dungey da KTM. Apesar de ter três vitórias a mais que o rival, a batida de Arlington segue custando caro para Tomac. Restam ainda seis etapas para o fim do campeonato e ele continua dependendo só dele. Como o vencedor marca três pontos a mais que segundo, se ele vencer todas e Dungey for segundo, ele desconta 18 pontos e leva o campeonato por um ponto.

Tomac, no entanto, quase foi surpreendido por um estreante. Jeremy Martin (Honda), piloto da 250sx West, fez a estreia dele na 450sx e de cara fez o "holeshot" e liderou as 10 primeiras voltas. O jovem piloto se defendeu muito bem dos ataques do rival da Kawasaki, mas no meio da corrida Tomac se impôs, assumiu a ponta e partiu para vitória. Mas Martin era só sorridos ao fim da corrida, entrou para a história como um dos poucos que estreou na categoria conquistando um pódio logo de cara.

Já Ryan Dungey viveu um drama. Não largou bem e completou a primeira volta apenas na 17ª colocação. Marvin Musquin (KTM), foi outro que largou ruim e acabou segurando o avanço de Dungey no primeiro giro. Assim que conseguiu se livrar do companheiro de equipe, Dungey começou a escalar o pelotão. No fim ainda conseguiu terminar na quarta colocação e marcou 18 pontos, muito importantes na batalha pelo título. Jason Anderson (Husqvarna) completou o pódio na terceira colocação. Cooper Webb, que sofreu um acidente em Minneapolis, segue de fora em recuperação.

Segue abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário