domingo, 12 de março de 2017

O Mundial de Supersport foi até a Tailândia para a segunda etapa da temporada. Foi uma prova bem confusa com quebras e bandeiras pretas entre os ponteiros. Desta forma a vitória caiu no colo do italiano Federico Caricasulo da Yamaha. Ele teve que briga duro contra o piloto da casa Decha Kraisart e contra a torcida que tentava empurrar o piloto local. Mas Caricasulo se deu melhor e venceu. Eles tiveram a companhia de Kyle Smith no fim, que havia levado bandeira preta por não cumprir uma punição, mas que ficou na pista a até a quadriculada. Segue abaixo o relato da corrida:

Na largada Chalermpol Palomais assumiu a ponta, mas levou o troco de Jules Cluzel já na primeira curva. Grande início de corrida de Federico Caricasulo que saltou da sétima para a terceira colocação. Christian Gamarino também ganhou quatro posições no início indo de nono para quinto. No segundo giro Palomai passou novamente por Cluzel para liderar a corrida. Na terceira volta Zulfahmi Khairuddin ficou lento na pista com problemas na moto e teve que abandonar. No mesmo giro o motor de PJ Jacobsen estourou e deixou ele na mão.

Cluzel deu o troco em Palomai no fim da terceira volta e o tailandês acabou caindo e deus adeus a disputa. Lucas Mahias foi outro a abandonar com por problemas nos primeiros giros. Smith jogou por dentro de Gamarino na volta cinco e o piloto da Honda acabou assustando e caiu. Com 16 voltas para o fim o motor de Danica Patrick estourou e a amarela foi acionada. Smith brigava pela quinta colocação com sete voltas, mas espalhou numa curva e caiu para nono. Com oito volta os três pilotos da ponto desgarraram do resto do pelotão e fizeram uma prova a parte.

Com sete voltas para o fim a moto de Cluzel o deixou na mão (novamente) e ele despencou na tabela. Com isto Caricasulo assumiu a ponta seguido de Decha Kraisart. A briga entre os dois esquentou com três voltas para o fim. Houve algumas alternâncias de liderança e ultrapassagens belíssimas. Kyle Smith, que estava em terceiro, recebeu um ride-through pela manobra para cima de Gamarino. Como ele não parou, ele tomou bandeira preta. No fim Caricasulo confirmou a vitória seguido de Kraisart e Niki Tuuli.

Confira abaixo o resultado final da prova:


0 comentários:

Postar um comentário