domingo, 23 de abril de 2017

Depois de uma semana de folga o Monster Supercross voltou em ação neste final de semana Salt Lake City. Eli Tomac (Kawasaki) e Ryan Dungey (KTM) chegaram empatados em pontos e Tomac levava vantagem no número de vitórias. Mas todo este benefício foi por água abaixo na largada. Dungey completou a primeira volta em primeiro e Tomac em 15º. Seria o fim do sonho do título?

Tomac não se deixou a abater e foi a luta. Tinha 20 minutos mais duas voltas para minimizar o máximo possível o prejuízo e não deixar o rival da KTM distanciar-se na tabela de classificação. Teve-se então o início do milagre. Ele foi passando um a um dos rivais. Alguns deram mais trabalho como Marvin Musquin (KTM), terceiro do campeonato, e que também não tinha largado bem.

Com oito minutos para o fim ele já estava em terceiro pressionando Jason Anderson (Husqvarna). Não demorou muito para deixar o oponente para trás e ir buscar Dungey. Neste ponto a torcida era só loucura e começaram a soltar gritos de incentivo para que Tomac continuasse. Ele chegou então em Dungey, tentou passar, mas tomou o troco do piloto da KTM. Mas ele continuo a pressão e enfim passou e partiu pra vitória. Agora Tomac tem três pontos de vantagem na tabela.

Segue abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário