sábado, 8 de abril de 2017

E Eli Tomac (Kawasaki) conseguiu novamente. O piloto chegou a quinta vitória consecutiva no Monster Supercross no último final de semana em St. Louis e a caça a Ryan Dungey (KTM) no campeonato segue firme e forte. A diferença entre os dois caiu para apenas quatro pontos e ainda restam três etapas para o fim do campeonato. Se olhar para a temporada inteira, Tomac já tem oito vitórias contra apenas duas de Dungey, mas um resultado ruim em Arlington fez o piloto da Kawasaki perder pontos importantes e precisar correr atrás do prejuízo.

Em St. Louis o final de semana dele começou complicado novamente. Por muito pouco ele não se classificou direto para a "main" na "heat" dele. Graças a uma ultrapassagem em Justin Barcia (Suzuki) com duas voltas para o fim ele terminou em quarto e passou. Mas na corrida principal ele começou com tudo. Dungey fez o "holeshot", mas Tomac estava logo em segundo e ainda nos primeiros giros superou o rival para ir embora. Dungey cometeu alguns erros bobos no início, mas conseguiu acompanhar Tomac de perto.

Em determinado momento, no meio da corrida, ele chegou a reduzir a desvantagem para o rival para apenas 1,3 segundos. Tomac, no entanto, tinha sobrar e voltou a acelerar forte e no fim venceu com mais de seis segundos de frente. Marvin Musquin (KTM) fez uma corrida tranquilo no terceiro posto. Pressionou Dungey apenas no início, mas logo perdeu contato com o tricampeão, mas também não foi pressionado por Jason Anderson (Husqvarna) que estava em quarto. Joshua Grant (Kawasaki) fechou o TOP-5 da etapa.

Segue abaixo o resultado final da corrida:


0 comentários:

Postar um comentário