segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018


Nesta segunda, 26, o piloto espanhol confirmou que procedeu com a renovação de contrato com a montadora japonesa por mais duas temporadas, acertando assim sua permanência pelo menos até o final de 2020.

Nos últimos meses muito se falou sobre uma possível saída de Marquez da Honda em busca de novos ares, ainda que este, pelo menos publicamente, não tenha falado sobre tal possibilidade. Segundo inúmeros relatos, principalmente vindos da mídia espanhola, o principal nome colocado na lista de futura casa de Marquez seria a KTM, que busca uma estrela para alavancar a performance da equipe como um todo além de se tornar "a cara" da marca, algo parecido com o que a Ducati fez, ou tentou fazer, com Jorge Lorenzo.

Marquez é piloto de fábrica da Honda desde que estreou na principal classe do mundial, em 2013. O fenômeno espanhol de 25 anos tem 90 largadas na MotoGP, conquistando 35 vitórias, 63 pódios, 45 poles e 37 voltas mais rápidas, além de quatro títulos (2013, 2014, 2016 e 2017).

Muito vocal com relação aos problemas enfrentados pelo equipamento da Honda nos últimos anos, mesmo conquistando títulos, Marquez mostrou-se muito contente com o trabalho realizado pela montadora para esse início de 2018. A montadora dominou os principais testes realizados nesta  pré-temporada até aqui, seja com Marquez, Dani Pedrosa ou Cal Crutchlow - da equipe satélite LCR.

A pré-temporada da MotoGP continuará no Catar, entre os dias 01 e 03 de março. A abertura da temporada acontecerá entre 16 de 18 de março, também no Catar.

0 comentários:

Postar um comentário