sábado, 24 de fevereiro de 2018



Em grande apresentação, Marco Melandri venceu a corrida de abertura da temporada 2018 do Mundial de Superbike. O experiente italiano saiu da primeira fila e nela se manteve durante grande parte da corrida. Com cerca de 11 voltas para o final o piloto da Ducati começou a descolar das outras Panigale R que vinham acompanhando seu ritmo e oficialmente começou a caçada as motos da Kawasaki que vinham nas duas primeiras colocações.

Primeras colocações estas que foram conquistadas ainda na largada, com Tom Sykes saindo da pole e nela se mantendo até a parte final da corrida. A todo instante seu principal adversário foi seu companheiro e, atual tri campeão, Jonathan Rea que largou bem, ganhando 4 posições, e completou as primeiras curvas já na segunda colocação. Ainda que em bom ritmo, as  motos da Kawasaki não conseguiram abrir uma vantagem tão expressiva, o que permitiu a recuperação de Melandri. Uma série de voltas andando mais rápido e logo Melandri já estava na encalço das motos verdes. Com 8 voltas para o fim ele já ultrapassava Rea pela segunda colocação e algumas voltas mais tarde, com 4 para o fim, foi a vez de ultrapassar finalmente Sykes e assim assumir a liderança da corrida. Liderança essa que ele não perdeu mais, cruzando a linha de chegada com 1.1s de vantagem para vencer sua primeira corrida desde junho de 2017. É a primeira vez em sete anos que a Ducati vence na abertura da temporada. 

Um pouco mais atrás Chaz Davies fazia seu show particular. Tentando se recuperar de uma posição de largada ruim o britânico conseguiu realizar com sucesso algumas ultrapassagens arriscadas e alcançou o final da corrida na terceira colocação para pegar o último lugar do pódio. A terceira colocação de Davies só foi possível por um problema no pneu traseiro da moto de Rea que até então corrida estabilizado na terceira colocação. O atual tri campeão começou a olhar a todo instante para a traseira de sua moto, um sinal nada bom, e logo ficou claro que Rea tinha problemas sérios. Correndo em controle de danos, já que perdia cerca de 2s por volta, Rea ainda conseguiu completar a corrida na quinta colocação. Entre o pódio de Davies e a quinta colocação de Rea encontramos Xavi Fores, mais uma vez andando muito bem. É como se 2017 não tivesse acabado para a equipe Barni Ducati e Xavi Fores que conseguiu largar bem, se manteve na briga a todo instante - principalmente com Davies, e fechou a corrida em uma ótima quarta colocação.

No grupo intermediário os duas motos da Yamaha brigaram entre si da primeira a última volta, com Alex Lowes e Michael van der Mark mostrando um real show de técnica e boa briga entre companheiros de equipe. Destaque para Leaon Camier, estrando na Honda, que após um começo lento conseguiu avançar durante a corrida para fechar na sétima colocação e para Michael Laverty, guiando a única Aprilia no grid que, mostrou bom ritmo nos treinos livres e até começou a corrida muito bem mas acabou perdendo performance e fechando na oitava colocação. Lorenzo Savadori, o segundo piloto da Aprilia, teve que abandonar as atividades do final de semana por conta de uma fratura na clavícula sofrida após forte queda no último treino livre.

Graças ao desgaste de pneus acima do normal, como foi o caso de Rea e Van der Mark, por questões de segurança a organização do certame informou que a segunda corrida do final de semana acontecerá nas regras "flag to flag", onde os pilotos são obrigados a realizar um pit stop na metade da corrida para troca de pneus. A segunda corrida acontecerá as 01:00hr na madrugada de sábado para domingo.

Posição
Piloto
Equipe/Moto
Gap
Marco Melandri
Aruba.it Racing Ducati Panigale
22 voltas
Tom Sykes
Kawasaki Racing ZX-10RR
+1.180s
Chaz Davies
Aruba.it Racing Ducati Panigale R
+9.265s
Xavi Fores
Barni Ducati Panigale R
+9.821s
Jonathan Rea
Kawasaki Racing ZX-10RR
+13.896s
Alex Lowes
PATA Crescent Yamaha R1
+17.028s
Leon Camier
Red Bull Honda CBR1000RR SP2
+21.514s
Eugene Laverty
Milwaukee Aprilia RSV4
+23.662s
Michael van der Mark
PATA Yamaha YZF-R1
+27.430s
10º
Leandro Mercado
Orelac Racing VerdNatura Kawasaki ZX-10RR
+27.446s
11º
Loris Baz
Althea BMW S1000RR
+27.748s
12º
Jake Gagne
Red Bull Honda CBR1000RR SP2
+28.466s
13º
Toprak Razgatlioglu
Puccetti Kawasaki ZX-10RR
+30.000s
14º
Roman Ramos
Team GoEleven Kawasaki ZX-10RR
+53.619s
15º
Ondrej Jezek
Guandalini Yamaha YZF-R1
+1m 02.682s
16º
PJ Jacobsen
TripleM Honda CBR1000RR SP2
+1m 09.775s
-
Jordi Torres
MV Agusta 1000 F4
Não terminou a corrida
-
Troy Herfoss
Penrite Honda CBR1000RR SP2
Não terminou a corrida
-
Yonny Hernandez
Team Pedercini Kawasaki ZX-10RR
Não terminou a corrida
-
Daniel Falzon
Yamaha Racing Team YZF-R1
Não terminou a corrida
-
Wayne Maxwell
Yamaha Racing Team YZF-R1
Não terminou a corrida
-
Lorenzo Savadori
Milwaukee Aprilia RSV4
Não correu por estar machucado