sexta-feira, 30 de março de 2018


Começou no último final de semana em Estoril a temporada 2018 do Europeu de Moto2. Foram 23 motos inscritas na primeira etapa. Na primeira corrida do final de semana a vitória ficou com o piloto da casa, Ivo Lopes. Já na segunda foi a vez do hino suíço ser executado no pódio com a vitória de Jesko Raffin. Confira abaixo o relato das provas:

Corrida 1

Na largada Xavier Cardelus largou melhor e assumiu a ponta, mas na freada da primeira curva ele perdeu a moto sozinho e caiu, dando adeus ao que parecia ser uma grande corrida. Com isto Ivo Lopes, que largou em quinto, assumiu a ponta seguido de Augusto Fernández e Jesko Raffin. Na volta quatro Dimas Ekky passou Raffin e assumiu o terceiro posto. Marcel Brenner fez o mesmo no giro seguinte e Raffin caiu para quinto.

Os dois primeiros andavam sozinhos na pista. Lopez liderava com oito segundos de vantagem para Fernández que por sua vez tinha nove segundos para Raffin, que recuperou a terceira colocação para cima de Ekky e Brenner. Edgar Pons também passou por Brenner na briga pelo quinto posto. Com quatro para o fim, no entanto, Edgar Pons caiu e abandonou. Daí para o fim não houve mais mudança e Ivo Lopes confirmou a vitória.

Corrida 2


Edgar Pons, com problemas na moto, abandonou ainda na volta de apresentação. Xavier Cardelus largou bem novamente, mas ao contrário da corrida 1, ele não caiu na primeira curva. Na volta dois Raffin passou Cardelus e pulou para primeiro. Cardelus tentou dar o troco, mas embarrigou a curva e caiu para terceiro, atrás de Ivo Lopes que assumiu o segundo posto.

Hector Garzó caiu na volta seis e abandonou a prova. Na oito foi o norte-americano Benigno Rene Solis Rene que foi ao chão. Augusto Fernández conseguiu passar Lopes para assumir a segunda colocação. Cardelus conseguiu se recuperar e passou Lopes pela terceira colocação. Parecia replay, mas não era e na volta 10 Cardelus novamente embarrigou a curva e Lopes passou por ele.

A briga continuou dura nas voltas seguintes e se juntaram a eles Lukas Tulovic, Dimas Ekky e Alessandro Zaccone. Tulovic superou Cardelus e Lopes e pulou para terceiro. Ekky e Zaccone também passaram Cardelus e Lopes que caíram para sexto e sétimo, respectivamente. Zaccone havia passado Ekky pelo quarto posto, mas caiu na última volta. Lá na frente Rafin confirmou a vitória.

Segue abaixo o resultado final da prova:

Corrida 1

1 75 Ivo Lopes POR YAMAHA
2 73 Augusto Fernández SPA SUTER
3 2 Jesko Raffin SWI KALEX
4 20 Dimas Ekky INA KALEX
5 46 Marcel Brenner SWI KALEX
6 61 Alessandro Zaccone ITA KALEX
7 77 Miquel Pons SPA KALEX
8 14 Hector Garzó SPA TECH3
9 9 Corentin Perolari FRA TRANSFIORMERS
10 23 Cédric Tangre FRA TECH3
11 10 Tommaso Marcon ITA SPEED UP
12 21 Matthias Meggle GER KALEX
13 8 Alessandro Zetti ITA YAMAHA
14 67 Roman Fischer SWI YAMAHA
15 37 Oleksandr Anin UKR YAMAHA
16 35 Benigno Rene Solis Rene USA KALEX
17 24 Chandler Cooper AUS YAMAHA
Não classificados


57 Edgar Pons SPA KALEX

3 Lukas Tulovic GER TECH3

29 Luis Pomares SPA KAWASAKI

44 Federico Menozzi ITA KALEX

7 James Flitcroft GBR NYKOS

18 Xavier Cardelus AND KALEX





Corrida 2

1 2 Jesko Raffin SWI KALEX
2 73 Augusto Fernández SPA SUTER
3 3 Lukas Tulovic GER TECH3
4 20 Dimas Ekky INA KALEX
5 18 Xavier Cardelus AND KALEX
6 75 Ivo Lopes POR YAMAHA
7 46 Marcel Brenner SWI KALEX
8 77 Miquel Pons SPA KALEX
9 10 Tommaso Marcon ITA SPEED UP
10 23 Cédric Tangre FRA TECH3
11 9 Corentin Perolari FRA TRANSFIORMERS
12 67 Roman Fischer SWI YAMAHA
13 8 Alessandro Zetti ITA YAMAHA
14 37 Oleksandr Anin UKR YAMAHA
Não classificados


61 Alessandro Zaccone ITA KALEX

24 Chandler Cooper AUS YAMAHA

35 Benigno Rene Solis Rene USA KALEX

14 Hector Garzó SPA TECH3

44 Federico Menozzi ITA KALEX

21 Matthias Meggle GER KALEX

7 James Flitcroft GBR NYKOS

29 Luis Pomares SPA KAWASAKI

57 Edgar Pons SPA KALEX

70 Marc Alcoba SPA KALEX