sábado, 21 de abril de 2018



Se é classificação da MotoGP em Austin, é pole de Marc Márquez. O espanhol conquistou em grande estilo mais uma pole em território Texano.

Dominante durante todo o final de semana, desde antes da classificação era sabido que seria muito difícil tirar a pole de Márquez. Assim que a bandeira verde foi dada para o Q2 o espanhol fez questão de confirmar as expectativas e logo pulou para a ponta, fazendo o melhor tempo da primeira rodada de voltas. O susto da sessão aconteceu com cerca de 5min para o fim quando o tricampeão da MotoGP, ao tentar melhorar sua volta, caiu ainda no primeiro setor. O piloto da Repsol Honda no entanto conseguiu se recuperar para trocar de moto e voltar a pista para marcar uma impressionante volta em 2min03.6s. 

Maverick Viñales ficou com a segunda colocação em um final de semana de recuperação da Yamaha até aqui. Mesmo sendo o mais rápido dos demais, Viñales fechou a sessão 0.406s mais lento que Márquez. Um dos principais pontos de conversa da classificação foi um lance entre os dois ponteiros onde, na saída da curva 12, Márquez bloqueou Viñales que vinha em volta rápida. O piloto da Yamaha logo levantou os braços para reclamar e o incidente foi colocado sob investigação, mas até o momento em que este relato foi escrito nenhum decisão foi tomada pela direção de prova. 

Andrea Iannone confirmou o bom ritmo dos treinos livres e largará da terceira colocação, fechando a primeira fila. Com volta meio segundo mais lenta que a pole, Johann Zarco abrirá a segunda fila na quarta colocação, com Valentino Rossi e Jorge Lorenzo completando a fila. Lorenzo, que finalmente conseguiu as tão pedidas aletas aerodinâmicas na parte dianteira de sua moto, conseguiu sua melhor classificação do ano. 

Líder do campeonato o britânico Cal Crutchlow sairá da P7, com Dovizioso - em um final de semana de performance limitada até aqui, e Pedrosa - ainda recuperando-se de lesão no pulso direito, completando a terceira fila. Danilo Petrucci, Alex Rins e Pol Espargaró - que foi o mais rápido do Q1, completam os doze que participaram da principal parte da classificação. 

Takaaki Nakagami foi o melhor entre os estreantes, com volta em 2min05.457s que lhe garantiu a 13º colocação no grid de largada.