quarta-feira, 18 de abril de 2018


Após sofrer forte acidente ainda na primeira volta do GP da Argentina, Dani Pedrosa fraturou o rádio direito e precisou submeter-se a procedimento cirúrgico para correção do problema. Mesmo assim, o espanhol garante que tentará correr em Austin, neste final de semana.

"Desde a operação, comecei a me sentir um pouco melhor a cada dia. Tenho feito exercícios para ganhar mobilidade e reduzir a inflamação. Pouco a pouco estou recuperando o tônus muscular, e isso me permite ver algum progresso.”

Apesar da confiança quanto a participação, Pedrosa está ciente que o traçado de Austin, um dos mais exigentes e desnivelados do atual calendário, exigirá muito de sua parte física, mas insiste que vale a tentativa. "Vamos a uma pista difícil e, até que esteja de novo na minha moto, não poderei realmente saber minha real situação." "Mas o que está claro para mim neste momento é que vale a pena viajar e tentar.”

Na última semana o piloto reserva da Repsol Honda e ex-LCR e Aprilia Stefan Bradl recebeu o chamado para assumir a moto de Pedrosa caso este não pudesse viajar para Austin. Mesmo com a confirmação de que Pedrosa tentará participar da etapa, Bradl viajará para Austin.