domingo, 15 de abril de 2018



Depois de conquistar importante pole no sábado, Sandro Cortese soube usar bem a posição previlegiada no grid de largada para manter-se entre os ponteiros e vencer a primeira de sua carreira no Mundial de Superbike. 

Estreando no certame neste ano, e depois de já ter começado a temporada com um pódio em Phillip Island, Cortese precisou de apenas três corridas para encaixar a primeira vitória. O alemão de 28 anos, campeão da Moto3 em 2012, conseguiu se manter entre os ponteiros durante toda a prova para no final encaixar belas ultrapassagens em cima de Jules Cluzel e Federico Caricasulo para assumir a ponta e não mais perdê-la. 

Federico Caricasulo, principal adversário de Cortese na parte final da prova, fechou a etapa espanhola na segunda colocação, seu melhor resultado na temporada até aqui. Jules Cluzel, assim como já havia acontecido na última etapa - disputada na Tailândia, pegou a liderança pouco depois da largada e lá se manteve durante um grande número de voltas, mas no final acabou não tendo ritmo para acompanhar os dois primeiros colocados e fechou a prova na terceira colocação.

Sem ritmo para companhar os líderes Lucas Mahias, atual campeão do certame, fez uma corrida solitária na quarta colocação, mas já foi o suficiente para assumir a liderança do campeonato uma vez que Randy Krummenacher, vencedor da última etapa na Tailândia, caiu durante a etapa e fechou apenas na 11º colocação após uma longa corrida de recuperação.

Kenan Sofuoglu, penta campeão da categoria, ainda encontra-se em processo de recuperação após a forte queda na abertura da temporada e por isso não pôde participar das atividades do final de semana. 

No campeonato Lucas Mahias assume a liderança com 58 pontos, apenas 4 a mais que o novo segundo colocado Sandro Cortese. Randy Krummenacher sai desta etapa em terceiro, com 50 pontos.

O Mundial de Supersport retomará suas atividades já no próximo final de semana quando irá para a Holanda visitar o incrível TT Circuit Assen.