terça-feira, 22 de maio de 2018


Corrida 1

Jeffrey Herlings mais uma vez mostrou toda superioridade. Dono de oito vitórias na temporada até aqui, o holandês marchou com facilidade na Letônia para a vitória de número 9. Mesmo com uma largada não ideal, completando a primeira volta fora das dez primeiras colocações, Herlings foi capaz de rapidamente escalar o grid e na segunda parte da prova ultrapassar Tony Cairoli para assumir a liderança e cruzar a linha de chegada com 3s de vantagem para o italiano. 

Cairoli, apesar da boa corrida, mais uma vez teve de assistir Herlings escalar o grid e ultrapassa-lo para ficar com a vitória, fato que nesta temporada vem acontecendo muito mais vezes do que o nove vezes campeão do mundo gostaria. 

Romain Febvre fechou o pódio. O francês liderou as primeiras voltas até ser ultrapassado por Cairoli ainda na primeira parte e por Herlings posteriormente. Para conquistar esse que foi o quarto pódio de Febvre na temporada o piloto da Yamaha teve que segurar um ataque tardio de Gautier Paulin que passou grande parte da corrida descontando a vantagem conquistada por Febvre e no final apertou na briga pelo pódio, mas não conseguiu completar a ultrapassagem, fechando a prova na 4º colocação, apenas 0.5s atrás de Febvre. Clement Desalle fechou o top5.

Corrida 2

Na segunda prova o desafio foi maior para Herlings, o que não impediu o piloto de 23 anos de vencer a décima corrida no ano. 4º rodada na temporada em que o piloto da KTM vence as duas corridas do fim de semana. 

Escalando o grid, como de costume, Herlings só conseguiu alcançar e brigar com Cairoli com cerca de 6min para o fim da prova, mas a ultrapassagem não demorou muito para acontecer e de novo Herlings saiu vencedor na briga com seu companheiro de equipe multi campeão, dessa vez por 6.1s de vantagem.

Cairoli fez uma corrida solitária, liderando grande parte da prova mas no fim perdendo a posição de honra para Herlings. Mesmo assim, o italiano conseguiu fechar a prova com impressionantes 49.9s de vantagem para Gautier Paulin, o responsável por fechar o pódio. Paulin só conseguiu a terceira colocação nos minutos finais da corrida após batalha acalorada com Tim Gajser que depois de uma corrida 1 muito apagada conseguiu se apresentar melhor na segunda prova, deixando o pódio escapar por pouco. Clement Desalle novamente fechou o top5. 

Com as duas vitórias Herlings alcançou a pontuação máxima de 50 pontos na rodada, saindo - claro - como o grande vencedor do fim de semana. Cairoli fechou em segundo com 44 pontos e Gautir em terceiro com 38 pontos conquistados. 

No campeonato Herlings lidera com 336 pontos totais, 29 a frente de Cairoli e 93 a frente de Desalle.


Resultados do fim de semana (corridas 1 e 2):