terça-feira, 22 de maio de 2018


Andando entre os ponteiros desde o início da corrida, o francês Jules Cluzel segurou o ímpeto de seus principais adversários para sair de Imola com mais uma vitória, a segunda da temporada. 

O resultado marca ainda o terceiro pódio seguido de Cluzel, deixando o piloto da Yamaha mais próximo da briga pelo título. A grande quantidade de pontos descontados por Cluzel no campeonato de pilotos só foi possível graças ao erro de Lucas Mahias. O atual campeão e então líder da temporada foi ao chão ainda na metade da prova quando, na liderança da prova, tentava abrir vantagem para os quatro pilotos que juntos formavam o segundo pelotão. Mahias ainda conseguiu voltar para o traçado e completar a prova na oitava colocação depois de grande recuperação.

Federico Caricasulo conseguiu sair da etapa com a segunda colocação após briga franca com Cluzel no fim da prova. É o terceiro pódio de Caricasulo em cinco etapas disputadas no ano. Resultado importante para o jovem italiano que tenta se firmar dentro da equipe Yamaha.

A briga pela última posição no pódio ficou entre Raffaele De Rosa e Sandro Cortese, com o primeiro se dando melhor após uma série de trocas de posições. De Rosa, em sua temporada de retorno ao certame, encaixa o segundo pódio seguido e continua a tentativa de resgatar a carreira para voltar ao Mundial de Superbike, onde esteve nos últimos anos, enquanto Cortese teve que se contentar com a frustração de perder a oportunidade deixada por Mahias na briga pela liderança do campeonato. 

Randy Krummenacher fechou a etapa italiana na quinta colocação, não o seu melhor resultado na temporada, mas o suficiente para - com os problemas de Mahias - colocá-lo na liderança da temporada, ainda que apenas dois pontos à frente do francês. 

A prova foi marcada ainda pelo adeus definitivo de Kenan Sofuoglu. O maior campeão da história do certame resolveu retornar da recuperação para fazer uma última participação que serviu de despedida do mundial. O turco de 33 anos classificou na primeira fila, mas optou por não participar da corrida, fazendo apenas a volta de apresentação e retirando sua moto para a garagem após o procedimento. Em 13 temporadas no mundial de supersport Sofuoglu foi campeão cinco vezes, além de dois vice-campeonatos. No total foram 123 largadas, 43 vitórias, 84 pódios e 34 poles.

O mundial de supersport retomará suas atividades entre os dias 25 e 27 de maio para a etapa britânica, a ser disputada em Donington Park.