sábado, 26 de maio de 2018


A Kawasaki carrega um histórico impressionante no circuito britânico de Donington Park. São 10 vitórias nas últimas 10 corridas, nove dessas vitórias pertencentes a Tom Sykes. Desde os treinos livres as motos verdes lideraram a tabela de tempos, e na classificação não foi diferente, com Sykes conquistando a pole e trazendo Jonathan Rea junto para fazer um 1-2 da Kawasaki.

A previsão de que a Kawasaki continuaria sua dominância ficou ainda maior quando Sykes e Rea conseguiram boas largadas e logo se estabeleceram na liderança da corrida. O que ninguém contava era que van der Mark, que largou da P6, conseguiria acompanhar e, na segunda parte da corrida, ultrapassar os favoritos para ficar com a vitória. Em uma corrida muito cerebral, o holandês foi capaz de fazer tudo corretamente e, agarrando a chance que lhe foi apresentada, ganhar sua primeira corrida no Mundial de Superbike.

Essa é também a primeira vitória de um piloto holandês na classe principal, além de a primeira da Yamaha desde outubro de 2011.

O espaço para van der Mark abrir na liderança da corrida foi dado quando Rea e Sykes envolveram-se em uma acalorada briga interna. Os britânicos trocaram de posições constantemente na segunda parte da prova promovendo um espetáculo muito bonito. No fim, Rea ganhou a batalha entre companheiros de equipe e fechou a corrida na segunda colocação, com Sykes em terceiro.

O bom resultado da Yamaha não ficou limitado a van der Mark. Alex Lowes fez uma corrida muito sólida desde o início e, após largar da P5, conseguiu fechar a corrida na quarta colocação.

A dupla da Aprilia conseguiu o melhor resultado da marca italiana no ano até aqui ao completarem a prova na quinta e sexta colocação, com Lorenzo Savadori e Eugene Laverty, respectivamente. Loris Baz, que largou da primeira fila depois de grande desempenho na classificação, fechou a prova na sétima colocação.

Chaz Davies completou a corrida apenas em uma oitava colocação bem simbólica para o pífio desempenho apresentado pela Ducati durante todo o fim de semana. As motos da equipe de fábrica não só não conseguiram brigar na frente como ainda tiverem se suar para bater motos de menor expressão na briga pelo top10. O final de Marco Melandri, que tem bom histórico nessa pista, foi ainda mais melancólico, já que o experiente italiano completou a prova apenas na 22º colocação depois de cair sozinho quando vinha em 12º.

Leon Haslam, atual líder da temporada do campeonato britânico de superbike, fez mais uma boa aparição na temporada fechando a prova na nona colocação, com Leon Camier - retornando de período parado após o forte acidente sofrido em Aragon, fechando o top10.

A corrida 2 da rodada de Donington será realizada neste domingo com largada agendada para às 09h (Brasília). Para o Brasil a transmissão é do canal por assinatura ESPN+.