terça-feira, 5 de junho de 2018


 

Uma das parcerias mais marcantes do mundial de motovelocidade agora tem data marcada para acabar. Nesta terça (05) HRC e Dani Pedrosa confirmaram que não continuarão juntos para a temporada 2019.

Com a Repsol Honda, sua única equipe em toda a carreira na MotoGP, Pedrosa conquistou 31 vitórias 112 pódios, 31 poles e 3 vice-campeonatos em 13 anos de parceria. De fato, desde que entrou no mundial em 2001, Pedrosa só usou motos Honda, sendo campeão das 125cc em 2003 e bicampeão da 250cc em 2004 e 2005. 

Até este momento Pedrosa vem tendo sua pior temporada no mundial desde que subiu para a classe principal ainda em 2006, hoje ocupando apenas a 12º colocação após seis corridas realizadas. O desempenho dos últimos anos não vem sendo dos melhores, principalmente quando comparado com o companheiro de equipe - Marc Márquez, deixando as coisas ainda mais complicadas para Pedrosa.

Ainda não existem informações quanto ao futuro de Pedrosa. Do lado da Honda existem informações de negociações com Joan Mir - hoje na Moto2, Jack Miller e, mais recentemente, Jorge Lorenzo, ainda que a montadora não confirme nada oficialmente.