sábado, 30 de junho de 2018



Estranhamente sumido durante grande parte da sessão de classificação, Marc Márquez surgiu nos últimos segundos para marcar a volta mais rápida e ficar com a pole em Assen, sua segunda na temporada.

Em sua única volta rápida na parte inicial da classificação, Márquez colocou a primeira marca representativa para os demais e conseguiu assim ficar com a liderança temporária, mas o destaque foi mesmo para um impressionante Alex Rins que, com pneus duros na traseira, conseguiu seguir o piloto da Honda de perto.

Os pilotos foram para os pits mas logo retornaram ao traçado, com Jorge Lorenzo rapidamente tomando a liderança da sessão com duas voltas impressionantes. Porém, para azar do espanhol da Ducati, tudo seria alterado, com a grande maioria dos pilotos fechando volta mais rápida nos últimos segundos da classificação.

Continuado o bom momento da Suzuki no fim de semana, Iannone pegou a liderança de Lorenzo para deixar todos impressionados, mas o momento de brilho do italiano foi curto já que segundo depois Márquez impôs, já com o cronômetro zerado, a volta mais rápida do fim de semana para ficar com a pole. Crutchlow fechou a sessão na segunda colocação após ressurgir de um início de trabalhos não tão positivos em Assen, com Rossi - como de costume, andando muito bem na "Catedral" para fechar a primeira fila.

Andrea Dovizioso abrirá a segunda fila com Rins ao seu lado. Maverick Viñales fechará a fila após sair da sessão acreditando que poderia ter conquistado um melhor resultado, depois do ótimo ritmo mostrado durante os treinos livres.

Aleix Espargaró compõe a terceira fila com Zarco, líder do Q1, e Iannone ao seu lado. Iannone, que foi fortemente considerado para a pole, teve de se contentar apenas com um top10. O mesmo para Lorenzo que fechou apenas na décima colocação após ser batido por todos os pilotos que fecharam volta nos últimos segundos. Danilo Petrucci e Alvaro Bautista completaram o top12.