segunda-feira, 16 de julho de 2018


Em mais uma prova de grande disputa na Moto3, Jorge Martin guardou suas forças para na parte final da corrida assumir a liderança e abrir vantagem para seus principais rivais, recebendo a bandeirada na frente para conquistar sua quinta vitória na temporada.  

As coisas ficaram menos complicadas para Martin, que mais uma vez saiu da pole, quando na segunda parte da corrida Fabio Di Giannantonio, seu principais rival na pista até aquele momento, errou ao tentar um movimento arriscado pela primeira colocação e foi ao chão, deixando o caminho livre para Martin impôr suas voltas mais rápidas e completar a corrida com 2.5s de vantagem para Bezzecchi.

Ainda que na primeira metade tenha rapidamente liderado a prova, Bezzecchi não foi páreo para Martin. O italiano, que também está envolvido na briga pelo campeonato, bem que tentou mas no fim teve que se contentar com a segunda colocação. John McPhee, no que foi de longe sua melhor corrida na temporada, fechou o pódio. Marcos Ramírez, conquistando seu melhor resultado no ano, e Arón Canet, terceiro colocado no campeonato, fecharam o top5.

Destaque negativo para as quedas, de Enea Bastianini e Gabriel Rodrigo, além do já citado Di Giannantonio. Bastianini, que vinha de uma vitória e um pódio , parecia finalmente ter colocado sua temporada em bons rumos depois de ter sofrido com três abandonos anteriormente na temporada, dois deles seguidos, mas não foi dessa vez que o piloto da Leopard Racing conseguiu manter o bom momento. Rodrigo, sexto colocado no campeonato, acabou sendo vítima de um lance de corrida que envolveu também Ai Ogura, quando ambos brigavam por uma vaga no top5. 

No campeonato Jorge Martin manteve a liderança, agora com sete pontos de vantagem para Bezzecchi.