domingo, 19 de agosto de 2018


Depois de perder a corrida 1 nos últimos milésimos e ver sua sequência de vitórias interrompida, Granado voltou a pista pronto para dar o troco, e assim o fez. O piloto de 22 anos conseguiu ultrapassar Alex Barros nos últimos momentos da prova para conquistar sua quinta vitória na temporada.

Assim como na corrida 1, a segunda prova foi caracterizada pela briga acalorada entre Granado e Barros. O #4 mais uma vez largou na frente e lá se manteve, passando grande parte da prova segurando os avanços de Granado que constantemente marcava voltas mais rápidas. As trocas de posições pela liderança aconteceram de forma constante, inclusive na última volta, com o experiente piloto da BMW mais uma vez dando uma aula de defesa de posição. No fim, usando o mesmo movimento realizado por Barros para vencer a primeira prova, Granado conseguiu sair melhor da subida dos boxes e, aproveitando o vácuo de Barros, ganhou mais velocidade para nos últimos momentos antes da bandeirada realizar a ultrapassagem e vencer a corrida por apenas 0.014s.

Pedro Sampaio, companheiro de Granado na Honda, mais uma vez fechou o pódio, garantindo assim mais 16 pontos que o deixam vivo na briga pela vice liderança do campeonato. A terceira colocação de Sampaio veio após ultrapassar Maximilano Gerardo nos momentos finais da prova. O uruguaio perdeu a tangência na curva do Café e chegou a atingir a barreira de proteção mas conseguiu seguir e terminar a prova na 4º posição.

Entre os pilotos da classe Extreme vitória de Rodrigo Dazzi. O líder do campeonato venceu briga apertada com Jeferson Friche e Diego Viveiros para garantir a quinta vitória no ano. Davi Costa, vencedor da corrida 1, caiu ainda na primeira volta.

No campeonato Granado é mais líder do que nunca, agora abrindo 50 pontos de vantagem para Gerardo. Alex Barros é terceiro, um ponto atrás de Gerardo, e Pedro Sampaio é o quarto, sete pontos atrás de Barros.

Na Extreme Rodrigo Dazzi lidera com 146 pontos conquistados, 37 de vantagem para Jeferson Jeferson Friche. Davi Costa (91 pontos) é o terceiro.