domingo, 3 de fevereiro de 2019



Há muito o AMA Supercross não tinha uma condição de pista tão ruim. No meio de muito lama, Eli Tomac pegou a liderança ainda nas primeiras curvas e com muita inteligência conseguiu vencer as dificuldades do traçado para vencer pela primeira vez na temporada. 

Depois de um lento início de temporada, Tomac parece finalmente recuperado da lesão que o deixou o mês de dezembro inteiro sem guiar. O #3 da Kawasaki voltou a vencer e convencer, ainda que em condições bem peculiares. A boa largada e, logo na sequência, a queda de Ken Roczen deram a Tomac a liderança da corrida, liderança esta que o piloto de Denver soube administrar bem para, mesmo com alguns sustos no fim, cruzar a linha de chegada com 4s de vantagem para Marvin Musquin. 

Musquin, que durante a corrida chegou a estar 38s atrás de Tomac, passou grande parte da prova na quarta colocação. Com o erro de Justin Bogle, então segundo colocado, o francês subiu para terceiro e com apenas algumas curvas restando para o fim da prova conseguiu ultrapassar Ken Roczen pela segunda colocação. 

Para Roczen, apesar do pódio, acabou sendo uma corrida mais de baixa do que de alta, visto que o alemão - ainda sem vencer na temporada - conseguiu o 'holeshot' e o perdeu depois de cair sozinho ainda nas primeiras curvas. No fim da corrida, quando a segunda colocação parecia segura, o #94 errou e permitiu a chegada e ultrapassagem de Musquin. 

Justin Bogle, que durante grande parte da prova andou nas posições de pódio, fechou na quarta colocação, igualando seu melhor resultado da carreira entre as 450cc, com Chad Reed usando e abusando de toda a sua experiência para navegar a lama e completar a prova fechando o top5. 

Cooper Webb, então líder do campeonato e vencedor das duas últimas etapas, teve uma prova caótica, caindo e se envolvendo em toques algumas vezes. No fim, conseguiu concluir a prova na oitava colocação, tentando minimizar os danos no campeonato. 

Quem não conseguiu limitar danos foi Justin Barcia. Dono de uma vitória na temporada, o piloto da Yamaha ficou preso na lama ainda no meio da corrida e não conseguiu sair. Acabou tendo que retirar a moto do traçado e abandonar a prova. 

No campeonato, Eli Tomac assumiu a liderança com a vitória em San Diego, chegando aos 106 pontos. Musquin vem em segundo com 102, empatado com Roczen. Webb é agora apenas o quarto colocado, com 98 pontos.