domingo, 24 de fevereiro de 2019



Mais um evento em formato de tríplice coroa e mais um final apertado. Vencedor de dois dos três eventos da noite, Eli Tomac conseguiu responder ao ímpeto de Cooper Webb na terceira etapa para sair com a vitória geral em Detroit, sua segunda na temporada. 

Ainda que não tenha começado a primeira etapa bem, Tomac conseguiu escalar o grid e, no fim, ultrapassou Justin Brayton para abrir os trabalhos da noite com uma vitória. O triunfo na primeira das três etapas deu a Tomac a melhor posição de largada para a segunda etapa e o piloto da Kawasaki soube aproveitar. Entre os ponteiro desde o princípio da segunda etapa, Tomac estabeleceu a liderança e abriu vantagem para no fim ainda conseguiu administrar a vitória. A este ponto, indo para a última etapa da noite, Webb era o único adversário realista para Tomac. 

Sexto colocado na primeira etapa, depois de cometer uma série de erros, Webb conseguiu retornar ao bom momento na segunda etapa, quando terminou na segunda colocação. Ainda assim, para vencer o evento, teria que triunfar na terceira etapa da noite e torcer por um tropeço de Tomac. E assim as coisas começaram a se desenhar. No terceiro evento da noite Tomac partiu mal, caindo para 11º. Quando tentava realizar ultrapassagens para voltar ao topo cometeu novo erro e mais uma vez perdeu posições, dessa vez chegando a ficar em 14º. Lá na frente, Webb tentava de tudo para acompanhar e ultrapassar Blake Baggett. A ultrapassagem aconteceu e Webb assumiu a liderança da etapa e, temporariamente, a liderança também do evento geral. 

Com Webb já marcando o máximo de pontos possíveis,  cabia a Tomac conquistar posições para retomar a liderança do evento, e foi isso que o #3 fez. Arriscando alto, Tomac realizou ultrapassagens com grande velocidade, vencendo por fim a batalha contra Chad Reed pela sexta colocação que, na soma geral dos pontos, acabou rendendo-lhe a vitória do evento, sua segunda do ano. 

Chad Reed, em sua melhor apresentação na temporada até aqui, fechou a primeira etapa no pódio, a segunda na P5 e a terceira na sétima colocação para, na soma geral, fechar o evento no pódio. Ken Roczen (5º, 6º e 5º) fechou em quarto com Blake Baggett (4º, 11º e 2º) completando o top5. Marvin Musquin ficou com a sexta colocação (9º, 4º e 4º).

No campeonato, Cooper Webb manteve a liderança, com 173 pontos, agora seis a frente de Roczen. Musquin é terceiro com 161 pontos e Eli Tomac quarto com 160.