domingo, 14 de abril de 2019


O espanhol Álvaro Bautista segue com a corda toda no Mundial de Superbike. Neste final de semana foi a vez dele varrer a etapa de Assen, na Holanda. A rodada teve uma corrida a menos, pois nevou e a corrida 1 foi transferida para o domingo, mas a Superpole foi cancelada. E Bautista mandou ver e venceu as duas. Segue abaixo o relato das etapas:

Corrida 1

Na largada Álvaro Bautista manteve a ponta seguido de Markus Reiterberger e Michael Van der Mark. No fim da primeira volta Jonathan Rea passou por Leon Haslam para ficar com a quarta colocação. Ainda no mesmo giro o inglês da Kawasaki passou por Van der Mark e pulou para terceiro. Na quatro Alex Lowes passou por Haslam e subiu para quinto.

Na oito Rea conseguiu deixar Reiterberger para trás para ficar com a segunda colocação. Na 11 Van der Mark fez o mesmo e na 12 Alex Lowes e o piloto da BMW caiu para quinta colocação. Na parte final da corrida Haslam começou a pressionar Lowes pela quarta colocação e na 19 fez a ultrapassagem. O piloto da Yamaha, no entanto, conseguiu dar o troco. No fim Bautista venceu mais uma seguido de Rea e Van der Mark.

Corrida 2

Na largada Bautista manteve a ponta seguido de Rea, mas ainda nas primeiras curvas o piloto da Kawasaki passou o da Ducati para liderar. Na volta dois Haslam passo por Van der Mark para ficar com a terceira colocação, mas tomou o troco na volta seguinte. Atrás deles Davies passou por Lowes e Haslam para chegar a quarta colocação.

Na sete foi a vez de Van der Mark perde o terceiro posto para Davies. A frente deles Bautista conseguiu passar por Rea e Davies foi junto colocando a Ducati nas duas primeiras posições. Rea conseguiu dar o troco em Davies na oito, mas Bautista já havia disparado. Lowes foi junto e Davies caiu para quarto. Na 11 o inglês da Ducati perdeu a posição para Van der Mark.

Na briga interna da Yamaha Van der Mark passou por Lowes para ficar com a terceira posição. Com três voltas para o fim ele começou a pressionar Rea pela segunda colocação e tomou a posição. Daí até o fim não houve mais mudanças e Bautista confirmou a vitória e Rea tentou recuperar a segunda colocação, cruzou lado a lado com Van der Mark, mas o piloto da Yamaha ficou com a posição por apenas 259 milésimos.

Segue abaixo como está a classificação do campeonato:

1. Alvaro Bautista - 236 Ducati
2. Jonathan Rea - 183 Kawasaki
3. Alex Lowes - 126 Yamaha
4. Michael Van Der Mark - 115 Yamaha
5. Leon Haslam - 93 Kawasaki
6. Chaz Davies - 76 Ducati
7. Marco Melandri - 69 Yamaha
8. Sandro Cortese - 64 Yamaha
9. Tom Sykes - 54 BMW
10. Jordi Torres - 49 Kawasaki