domingo, 21 de abril de 2019


Tarran Mackenzie foi o nome na abertura da Superbike Inglesa em Silverstone, para o mal e para o bem. Na primeira corrida tocou no companheiro de equipe na última volta, o jogou no chão e tomou uma punição. Mas na segunda, bem mais responsável em suas manobras, ele ficou com a vitória. Segue abaixo o relato da etapa:

Na largada Mackenzie manteve a ponta depois de dar um troco em O’halloran que passou por ele na curva 1, mas espalhou. Mais ainda no primeiro giro Dan Linfoot passou por eles para puxar o pelotão. Rogers caiu na volta três e abandonou a corrida. Na quatro o motor da Yamaha de O’halloran estourou e ele também teve que abandonar.

Lá na frente Josh Elliott passou por Mackenzie e foi para cima de Linfoot disputar a ponta e na cinco ele pulou para primeiro. Na seis Scott Redding caiu e foi outro que deu adeus a corrida depois de um incidente com Andrew Irwin. Danny Buchan foi o próximo na sequência a passar por Mackenzie e chegar assim a terceira colocação.

Andrew Irwin foi punido pelo toque em Redding e teve que passar pela parte mais longa da pista. Na 14 Mackenzie deu show: passou por Buchan, Linfoot e Elliott e voltou a liderança da corrida. Na 20 foi a vez do motor de Bookes estourar e o piloto da Ducati teve que abandonar. Ele deixou óleo na pista e o safety-car foi acionado.

A prova recomeçou com oito para o fim e Mackenzie manteve a ponta bastante pressionado por Elliott. Daí até o fim não houve mais mudanças e Mackenzie confirmou a vitória com 635 milésimos de segundo de vantagem para Elliott e 1,004 para Buchan que completou o pódio.

Confira abaixo o resultado final da corrida: